Pular para o conteúdo
Início » Artigos do Blog » Plano de Aula de Matemática: Números Ordinais 3º Ano – BNCC

Plano de Aula de Matemática: Números Ordinais 3º Ano – BNCC

Atividades para Imprimir - Anúncio

Seja bem-vindo(a) ao universo fascinante dos números ordinais! Para os professores do 3º ano que buscam enriquecer suas aulas de Matemática e alinhar-se perfeitamente com as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), preparamos um plano de aula inspirador. Neste guia abrangente, mergulharemos fundo nesse tema crucial, oferecendo insights valiosos, estratégias práticas e atividades envolventes para tornar o aprendizado uma experiência cativante para os alunos.

Atividades para Imprimir - Anúncio
jogos pedagógicos

Através deste artigo, você será equipado(a) com as ferramentas necessárias para criar um plano de aula dinâmico e eficaz, totalmente alinhado com as exigências da BNCC.

Desde a compreensão dos conceitos básicos até a aplicação prática em situações do dia a dia, nosso objetivo é capacitá-lo a proporcionar uma educação matemática significativa e transformadora para seus alunos.

Vamos mergulhar de cabeça nesse desafio e tornar a matemática uma verdadeira paixão para nossos estudantes. Está pronto(a) para revolucionar suas aulas de Matemática?

Então, vamos começar!

Confira ao final um plano de aula pronto para uso. Adapte conforme seus objetivos pedagógicos.

Atividades para Imprimir - Anúncio

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Berçário e MaternalVerBônus Exclusivos!
Educação InfantilVerBônus Exclusivos!
Fundamental 1VerBônus Exclusivos!
Novo Ensino MédioVerBônus Exclusivos!
Ver Tabela Completa de Atividades

Sala de aula colorida com cartazes numerados e atividades interativas sobre números ordinais para alunos do 3º ano, alinhadas às normas da BNCC

Para que os alunos possam compreender os conceitos matemáticos, é necessário que o professor planeje suas aulas aulas com antecedência, com a elaboração de um bom plano de aula.

O plano de aula é uma ferramenta essencial para o professor, pois é através dele que ele organiza as atividades e define os objetivos a serem alcançados.

No 3º ano do ensino fundamental, um dos principais temas a serem abordados é o estudo dos números ordinais.

Atividades para Imprimir - Anúncio
atividades para alfabetização

De acordo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), os alunos devem ser capazes de identificar e utilizar os números ordinais em diferentes contextos.

Para que o professor possa desenvolver um plano de aula eficaz sobre esse tema, é necessário que ele conheça bem a BNCC e as habilidades que devem ser desenvolvidas pelos alunos.

Entendendo a BNCC e o 3º Ano

Uma sala de aula colorida com alunos aprendendo sobre números ordinais, usando materiais educativos e participando de atividades interativas

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que estabelece as aprendizagens essenciais que os alunos devem alcançar em cada etapa da educação básica.

A BNCC para o ensino de Matemática no 3º ano define os objetivos e as habilidades que os alunos devem desenvolver nessa fase.

Objetivos da BNCC para Matemática no 3º Ano

A BNCC para o 3º ano do Ensino Fundamental tem como objetivo desenvolver o raciocínio lógico e matemático dos alunos, aprimorando sua capacidade de resolver problemas e interpretar informações.

Além disso, a BNCC busca promover o desenvolvimento de habilidades como a comunicação, a argumentação e o trabalho em equipe.

Importância dos Números Ordinais

Os números ordinais são fundamentais para o desenvolvimento do raciocínio lógico e matemático dos alunos.

Eles permitem que as crianças estabeleçam relações de ordem e sequência, o que é importante para a resolução de problemas cotidianos e para a compreensão de conceitos matemáticos mais complexos.

Atividades para Imprimir - Anúncio
atividades para educação especial

De acordo com a BNCC, os alunos devem ser capazes de identificar, nomear e utilizar os números ordinais até o décimo.

Além disso, é importante que eles compreendam a relação entre os números ordinais e os cardinais, bem como a utilização dos números ordinais em diferentes contextos e situações.

Diferença entre Números Cardinais e Ordinais

Os números ordinais e cardinais são duas formas distintas de representar e compreender os números, cada um com suas próprias características e usos específicos.

  1. Números Cardinais:
    • Os números cardinais representam a quantidade de elementos em um conjunto.
    • Eles são utilizados para contar objetos, pessoas, ou qualquer outra coisa que possa ser quantificada.
    • Exemplos de números cardinais incluem: 1, 2, 3, 4, 5, …, etc.
  2. Números Ordinais:
    • Os números ordinais indicam a posição ou ordem de um elemento em relação a outros dentro de uma sequência.
    • Eles são utilizados para classificar ou ordenar elementos em uma lista.
    • Exemplos de números ordinais incluem: primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto, …, etc.

Portanto, a principal diferença entre eles é que os números cardinais expressam quantidade, enquanto os números ordinais expressam posição ou ordem.

Por exemplo, se tivermos uma fila de alunos, o número cardinal “5” indica que existem cinco alunos na fila, enquanto o número ordinal “quinto” indica que um aluno está na quinta posição da fila.

Preparação do Plano de Aula

Mesa de sala de aula com caderno aberto com plano de aula sobre números ordinais para o 3º ano, alinhado às diretrizes da BNCC

Ao preparar um plano de aula sobre números ordinais para o 3º ano conforme a BNCC, o professor deve seguir algumas etapas importantes.

Atividades para Imprimir - Anúncio
atividades para datas comemorativas

Nesta seção, serão apresentados alguns passos fundamentais para a elaboração de um plano de aula claro, objetivo e eficiente.

Definindo os Objetivos da Aula

O primeiro passo para preparar um plano de aula é definir os objetivos da aula.

O professor deve ter em mente o que deseja que seus alunos aprendam e ser capaz de expressar isso de forma clara e concisa.

Para a aula sobre números ordinais, alguns objetivos podem ser:

  • Identificar e compreender os números ordinais de 1º a 10º;
  • Utilizar os números ordinais para descrever a posição de objetos ou pessoas em uma sequência;
  • Resolver problemas envolvendo números ordinais.

Sugestão de Objetivos Gerais e Específicos

Objetivos Gerais:

  1. Compreensão dos Números Ordinais: Garantir que os alunos compreendam o conceito de números ordinais e sua aplicação na classificação e ordenação de elementos em uma sequência.
  2. Desenvolvimento da Capacidade de Leitura de Números Ordinais: Capacitar os alunos a ler e compreender números ordinais em diferentes contextos, como datas, séries, classificações e eventos.
  3. Aplicação em Situações do Dia a Dia: Demonstrar como os números ordinais são utilizados no cotidiano, incentivando os alunos a reconhecerem sua importância e relevância em situações práticas.

Objetivos Específicos:

  1. Identificação de Números Ordinais: Os alunos serão capazes de identificar e nomear corretamente os números ordinais até, pelo menos, o décimo lugar em contextos variados.
  2. Ordenação de Elementos: Os alunos serão capazes de ordenar objetos, eventos ou números de acordo com sua posição na sequência utilizando números ordinais.
  3. Leitura de Sequências Ordinais: Os alunos serão capazes de ler e interpretar sequências de números ordinais em diferentes formatos, como textos, tabelas e gráficos.
  4. Aplicação em Situações-Problema: Os alunos serão capazes de resolver problemas do dia a dia que envolvam o uso de números ordinais, como determinar a posição de um objeto em uma fila ou identificar o vencedor em uma corrida.
  5. Desenvolvimento da Linguagem Matemática: Os alunos serão incentivados a utilizar corretamente a linguagem matemática ao descreverem e discutirem situações que envolvam números ordinais.

Seleção de Métodos e Recursos Didáticos

Após definir os objetivos da aula, o professor deve selecionar os métodos e recursos didáticos que serão utilizados para alcançá-los.

Algumas opções incluem:

  • Atividades práticas, como jogos e brincadeiras, que envolvam a utilização dos números ordinais;
  • Exercícios de fixação, que permitam aos alunos praticar a identificação e utilização dos números ordinais;
  • Recursos audiovisuais, como vídeos e imagens, que possam ajudar a ilustrar o conceito de números ordinais.

Ao selecionar os métodos e recursos didáticos, o professor deve levar em consideração o perfil de sua turma e o tempo disponível para a aula.

É importante escolher atividades que sejam adequadas à idade e ao nível de conhecimento dos alunos, e que possam ser realizadas dentro do tempo previsto para a aula.

Metodologias de Ensino que podem ser Usadas

Aqui vão algumas sugestões de metodologias:

1. Introdução Interativa:

  • Comece com uma introdução lúdica e interativa para captar a atenção dos alunos. Use recursos visuais, como cartazes, jogos ou vídeos, para apresentar o conceito de números ordinais de forma clara e envolvente.

2. Exploração de Exemplos Concretos:

  • Utilize objetos do cotidiano ou situações do ambiente escolar para exemplificar números ordinais. Por exemplo, organize uma fila com os alunos e peça para eles identificarem sua posição na fila usando números ordinais.

3. Atividades Práticas:

  • Proponha atividades práticas que envolvam a ordenação de objetos ou eventos. Por exemplo, peça para os alunos organizarem seus materiais escolares em ordem de chegada à escola, ou classificarem os meses do ano de acordo com eventos sazonais.

4. Jogos Educacionais:

  • Introduza jogos educativos que reforcem o conceito de números ordinais de maneira divertida. Jogos de cartas, quebra-cabeças ou jogos de tabuleiro adaptados para trabalhar com ordem e classificação são excelentes opções.

5. Exercícios de Fixação:

  • Após a exploração e prática do conceito, forneça exercícios de fixação para consolidar o aprendizado. Estes podem incluir questões simples de identificação de números ordinais em sequências numéricas ou situações do dia a dia.

6. Aplicação em Contexto Real:

  • Conecte o aprendizado dos números ordinais com situações reais fora da sala de aula. Por exemplo, ao ler um cronograma de eventos escolares ou ao organizar uma lista de tarefas para o dia.

7. Revisão e Feedback:

  • Encerre a aula revisando os conceitos abordados e fornecendo feedback aos alunos sobre seu desempenho. Incentive a participação ativa e esclareça quaisquer dúvidas que possam surgir.

8. Avaliação Formativa:

  • Durante o processo de ensino, faça avaliações formativas para verificar o progresso dos alunos. Observe sua capacidade de aplicar os conceitos aprendidos em diferentes contextos e forneça feedback construtivo para ajudá-los a melhorar.

Ao adotar essas metodologias, você estará proporcionando uma experiência de aprendizado dinâmica e significativa, que ajudará os alunos a compreenderem e dominarem os números ordinais de forma eficaz.

Atividades Sugeridas

Sala de aula com recursos visuais coloridos e atividades interativas para ensino de números ordinais para alunos do 3º ano, alinhada à BNCC

Para ensinar números ordinais aos alunos do terceiro ano de acordo com a BNCC, existem várias atividades que podem ser utilizadas.

Essas atividades ajudam a tornar o aprendizado mais lúdico e interativo para as crianças.

Jogos e Brincadeiras

Uma forma divertida de ensinar números ordinais é através de jogos e brincadeiras.

Por exemplo, o professor pode propor um jogo de corrida de obstáculos, onde as crianças devem passar por uma série de obstáculos em ordem numérica.

Outra opção é jogar bingo de números ordinais, onde as crianças devem marcar os números em ordem crescente ou decrescente.

Jogo Divertido: Caça aos Números Ordinais

Objetivo do Jogo: Os alunos vão praticar a identificação e o uso dos números ordinais em uma atividade dinâmica e divertida.

Materiais Necessários:

  • Cartões numerados de 1 a 10 (ou mais, dependendo do nível de dificuldade)
  • Espaço aberto na sala de aula

Como Jogar:

  1. Preparação:
    • Distribua os cartões numerados pela sala de aula, espalhando-os em locais diferentes e acessíveis aos alunos.
  2. Explicação das Regras:
    • Explique aos alunos que eles participarão de uma caça aos números ordinais.
    • Cada cartão tem um número escrito nele, e os alunos devem encontrá-los na ordem correta dos números ordinais.
  3. Início da Atividade:
    • Peça aos alunos que se espalhem pela sala.
    • Quando você disser “Vai!”, os alunos começarão a procurar os cartões numerados.
  4. Identificação dos Números Ordinais:
    • Os alunos devem encontrar os cartões e colocá-los em ordem correta, indicando o número ordinal correspondente ao número no cartão.
    • Por exemplo, se encontrarem o cartão com o número 4, devem dizer “quarto” e continuar procurando o próximo número.
  5. Feedback e Correção:
    • Enquanto os alunos estão procurando os cartões, observe atentamente e corrija qualquer erro na identificação dos números ordinais.
    • Forneça feedback positivo e encorajador durante o jogo.
  6. Conclusão:
    • O jogo continua até que todos os cartões sejam encontrados e colocados na ordem correta.
    • Parabenize os alunos pelo esforço e pela prática bem-sucedida dos números ordinais.

Variação:

  • Para tornar o jogo mais desafiador, você pode espalhar os cartões em áreas externas da escola, como o pátio ou o campo de recreio, permitindo que os alunos explorem diferentes ambientes enquanto praticam os números ordinais.

Benefícios Educacionais:

  • Promove o movimento e a atividade física em sala de aula.
  • Desenvolve habilidades de observação, atenção e concentração.
  • Reforça o reconhecimento e o uso dos números ordinais de forma prática e divertida.

Exercícios e Atividades Impressas

Os exercícios e atividades impressas são uma forma mais tradicional de ensinar números ordinais.

Os professores podem criar atividades em que as crianças devem escrever os números ordinais na ordem correta ou identificar o número ordinal em uma sequência de números.

Além disso, existem muitos recursos online que oferecem atividades prontas para impressão.

Sugestão de Atividades Escritas e Impressas

Aqui estão alguns exemplos de atividades escritas e impressas para fixação de aprendizagem sobre números ordinais para alunos do 3º ano do Ensino Fundamental:

  1. Preenchimento de Sequências:
    • Apresente uma série de números ordinais misturados (por exemplo, primeiro, quarto, terceiro, segundo, quinto).
    • Peça aos alunos para reescreverem os números ordinais na sequência correta, numerando-os de acordo com sua posição (1º, 2º, 3º, 4º, 5º).
  2. Ordenação de Palavras:
    • Forneça uma lista de palavras relacionadas a eventos ou objetos em desordem (por exemplo, segundo, quarto, primeiro, terceiro).
    • Peça aos alunos que reordenem as palavras de acordo com a ordem correta dos números ordinais.
  3. Preenchimento de Lacunas:
    • Apresente frases ou histórias com lacunas para os números ordinais.
    • Os alunos devem preencher as lacunas com os números ordinais corretos para completar as frases ou histórias de forma lógica.
  4. Jogo de Caça-Palavras:
    • Crie um caça-palavras contendo números ordinais misturados dentro de uma grade de letras.
    • Os alunos devem encontrar e circundar os números ordinais escondidos na grade.
  5. Atividade de Associação:
    • Apresente uma lista de situações ou eventos em uma coluna e uma lista correspondente de números ordinais na outra coluna.
    • Os alunos devem associar cada situação ao número ordinal que melhor a descreve.
  6. Desafio de Escrita:
    • Peça aos alunos para escreverem uma pequena história ou descrição de um evento, utilizando números ordinais para indicar a ordem dos acontecimentos.
  7. Jogo de Cartões de Memória:
    • Prepare um conjunto de cartões com números ordinais escritos em um lado e uma imagem representativa no outro lado.
    • Os alunos devem combinar os cartões correspondentes, encontrando o número ordinal correto para cada imagem.
  8. Preenchimento de Calendário:
    • Forneça aos alunos um calendário com datas específicas em branco.
    • Eles devem preencher as datas com os números ordinais corretos para indicar o dia do mês.

Essas atividades ajudarão os alunos a praticar e consolidar seus conhecimentos sobre números ordinais de forma divertida e interativa, contribuindo para uma aprendizagem eficaz e duradoura.

Sugestão de Texto Relacionado

Título: A Grande Bagunça dos Números Ordinais

Era uma vez, no pacato Reino dos Números, viviam os números ordinais em perfeita harmonia. O Primeiro reinava com autoridade, seguido pelo Segundo, Terceiro e assim por diante, cada um ocupando seu lugar de direito na ordem numérica. Tudo corria bem, até que uma manhã, ao acordar, os números perceberam que algo estava terrivelmente errado.

O Primeiro não estava mais em primeiro lugar! Em seu lugar, o Sexto brincava e ria, enquanto o Primeiro estava perdido em algum lugar desconhecido do reino. Os outros números ordinais estavam igualmente fora de seus lugares, causando uma confusão sem fim. O Segundo estava tentando liderar, o Quarto estava perdido em devaneios, e o Quinto parecia ter se escondido.

A desordem no reino logo se espalhou para além dos números ordinais. As crianças do Reino dos Números estavam perplexas! Como poderiam contar as maçãs na árvore, ou organizar os brinquedos em ordem numérica, se os próprios números estavam fora de ordem?

Determinados a resolver esse mistério, os corajosos números ordinais uniram forças. O Terceiro liderou a busca pelo Primeiro, enquanto o Sétimo organizou uma equipe para encontrar o Quinto. Enquanto isso, o Segundo e o Quarto procuravam pistas pela aldeia, seguindo cada pista numérica deixada para trás.

Após uma busca extensa e cheia de aventuras, os números ordinais finalmente se reuniram e descobriram a verdade por trás da desordem. Um feitiço travesso, lançado pelo vilão Zerado, tinha bagunçado a ordem natural dos números. Determinados a restaurar a paz, os números ordinais trabalharam juntos para quebrar o feitiço e devolver a ordem ao reino.

Com a ordem restaurada, o Primeiro voltou ao seu lugar de direito, seguido pelos outros números, em perfeita harmonia. As crianças do Reino dos Números comemoraram, aprendendo uma lição valiosa sobre trabalho em equipe, amizade e a importância da ordem numérica.

E assim, o Reino dos Números voltou a ser um lugar feliz e organizado, onde os números ordinais reinavam em ordem e harmonia, prontos para enfrentar qualquer desafio que o futuro pudesse trazer.

Autoria: Texto criado com auxilio de ferramenta de I.A.

Uso de Material Dourado e Material Pessoal do Aluno

O material dourado é uma ferramenta didática que pode ser usada para ensinar números ordinais.

Com ele, as crianças podem construir sequências numéricas e identificar os números ordinais em uma série de blocos coloridos.

Além disso, o uso de material pessoal do aluno, como brinquedos ou objetos, pode ajudar a tornar o aprendizado mais concreto e significativo para as crianças.

Recursos Necessários

Sala de aula com cartazes coloridos e quadro branco com plano de aula sobre números ordinais para alunos do 3º ano, alinhado à BNCC

Material Didático

Para o planejamento de aulas sobre números ordinais para o 3º ano conforme a BNCC, é necessário ter um conjunto de materiais didáticos adequados.

Isso inclui lápis, borracha e caderno para os alunos, além de apostilas ou livros didáticos que abordem o tema de forma clara e objetiva.

Também é importante ter à disposição materiais de apoio, como cartazes e jogos educativos, que possam auxiliar na fixação do conteúdo pelos alunos.

Esses recursos podem ser produzidos pelo próprio professor ou adquiridos em lojas especializadas em materiais pedagógicos.

Tecnologia em Sala de Aula

A tecnologia pode ser uma grande aliada no processo de ensino-aprendizagem.

Por isso, é importante que o professor tenha à disposição recursos como data-show e slides da aula, que possam ser utilizados para apresentar o conteúdo de forma mais visual e interativa.

Além disso, é fundamental que a escola disponibilize acesso à internet e uma impressora para que o professor possa imprimir materiais de apoio, como atividades e exercícios, para os alunos.

Com esses recursos, é possível enriquecer as aulas e torná-las mais dinâmicas e interessantes para os estudantes.

Avaliação e Feedback

Uma cena de sala de aula com os alunos identificando e ordenando objetos, enquanto o professor fornece feedback e avaliação. Materiais e atividades alinhados com o currículo de números ordinais da 3ª série

Métodos de Avaliação

A avaliação é uma parte essencial do processo de ensino e aprendizagem.

Para avaliar o nível de compreensão dos alunos sobre números ordinais, é importante utilizar diferentes métodos de avaliação.

O professor pode aplicar testes, trabalhos em grupo, atividades em sala de aula e até mesmo jogos educativos.

É fundamental que o método de avaliação escolhido esteja alinhado com os objetivos de aprendizagem e com a BNCC.

O professor deve levar em consideração as diferentes formas de aprendizagem dos alunos e adaptar a avaliação para atender a essas necessidades.

É importante que a avaliação seja justa e objetiva, levando em conta o nível de compreensão dos alunos e não apenas a memorização de conceitos.

Discussão e Reflexão em Sala

A discussão e reflexão em sala de aula são ferramentas importantes para avaliar o nível de compreensão dos alunos sobre números ordinais.

O professor pode incentivar a participação dos alunos em discussões em grupo, perguntas e respostas, e atividades em sala de aula que estimulem a reflexão.

Além disso, o feedback é uma parte importante do processo de avaliação.

O professor deve fornecer feedback constante aos alunos, destacando seus pontos fortes e áreas que precisam ser melhoradas.

O feedback deve ser claro e objetivo, e deve ajudar os alunos a entender como melhorar seu desempenho.

Ao utilizar diferentes métodos de avaliação e incentivar a discussão e reflexão em sala de aula, o professor pode avaliar de forma eficaz o nível de compreensão dos alunos sobre números ordinais, e fornecer feedback para ajudá-los a melhorar seu desempenho.

Dicas Adicionais para Professores

Uma cena de sala de aula com alunos envolvidos em atividades relacionadas a números ordinais, usando recursos visuais e jogos interativos para reforçar o aprendizado

Ao buscar ensinar sobre números ordinais para alunos do 3º ano do Ensino Fundamental, é importante que o professor esteja ciente das competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que são encontradas em cada atividade.

Além disso, é preciso que o professor esteja atento às necessidades individuais de cada aluno, pois alguns podem ter mais facilidade que outros em aprender sobre o assunto.

Para auxiliar na elaboração de um plano de aula sobre números ordinais, o professor pode utilizar algumas dicas adicionais, como:

  • Utilizar exemplos do cotidiano dos alunos para explicar o conceito de números ordinais, como a posição de um objeto na fila do recreio ou a ordem em que os alunos se sentam na sala de aula.
  • Utilizar jogos e atividades lúdicas para tornar o aprendizado mais divertido e envolvente, como jogos de memória, quebra-cabeças e caça-palavras.
  • Utilizar recursos audiovisuais, como vídeos e imagens, para ilustrar o conceito de números ordinais.
  • Incentivar a participação ativa dos alunos durante a aula, por meio de perguntas e atividades em grupo.

Exemplos do Cotidiano

Existem muitos exemplos do cotidiano que um professor pode usar para ensinar sobre números ordinais. Aqui estão alguns deles:

  1. Dias da Semana: Os dias da semana são um excelente exemplo de números ordinais. Por exemplo, segunda-feira (segundo), terça-feira (terceiro), quarta-feira (quarto) e assim por diante.
  2. Meses do Ano: Os meses do ano também são números ordinais. Janeiro (primeiro), fevereiro (segundo), março (terceiro) e assim por diante.
  3. Posição em uma Fila: Uma fila é uma representação visual direta de números ordinais. Os alunos podem identificar sua posição na fila, como “Eu sou o quarto na fila” ou “Estou em sexto lugar”.
  4. Classificação em uma Competição: Eventos esportivos, como uma corrida, oferecem oportunidades para entender os números ordinais. Por exemplo, o vencedor é o “primeiro colocado”, o segundo é o “segundo colocado” e assim por diante.
  5. Ordem de Serviço em um Restaurante: Ao discutir o processo de servir refeições em um restaurante, os alunos podem aprender sobre os números ordinais. Por exemplo, o pedido é feito primeiro, seguido pela preparação da comida, depois a entrega e, finalmente, a conta é apresentada por último.
  6. Posição em uma Competição Escolar: Se a escola realiza eventos esportivos ou acadêmicos, como uma competição de soletração, os alunos podem aprender sobre os números ordinais ao discutir as posições dos participantes.
  7. Sequência de Eventos em uma História: Ao ler histórias ou contar eventos, os alunos podem identificar a ordem dos eventos usando números ordinais. Por exemplo, “O pássaro cantou primeiro, depois o sol nasceu e finalmente as flores desabrocharam”.
  8. Ordem de Operações: Em situações práticas, como seguir uma receita de culinária, os alunos podem aprender sobre a ordem das etapas usando números ordinais. Por exemplo, “Primeiro, misture os ingredientes secos, depois adicione os líquidos e, por último, asse no forno”.

Ao incorporar esses exemplos do cotidiano, os alunos podem ver como os números ordinais são aplicados em diferentes situações da vida real, tornando o conceito mais tangível e relevante para eles.

Plano de Aula Pronto

Plano de Aula: Explorando Números Ordinais no 3º Ano do Ensino Fundamental

1 – Objetivos Gerais e Específicos:

Objetivo Geral:

  • Proporcionar aos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental uma compreensão sólida dos números ordinais, capacitando-os a reconhecer, nomear e aplicar esses conceitos em situações do cotidiano.

Objetivos Específicos:

  • Identificar e nomear os números ordinais até o décimo.
  • Compreender a importância dos números ordinais na organização e classificação de elementos.
  • Aplicar os números ordinais em diferentes contextos, como em sequências numéricas, datas e eventos.

2 – Competências e Habilidades:

  • Reconhecer e utilizar os números ordinais em diversas situações.
  • Desenvolver habilidades de ordenação e classificação.
  • Compreender a relação entre números ordinais e números cardinais.

3 – Direitos de Aprendizagem:

  • Estímulo ao pensamento lógico-matemático através da exploração de conceitos numéricos.
  • Desenvolvimento da capacidade de expressão oral e escrita ao utilizar os números ordinais em diferentes contextos.
  • Promoção da autonomia e da confiança dos alunos ao lidar com conceitos matemáticos.

4 – Campos de Experiência:

  • Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.
  • Traços, sons, cores e formas.
  • Eu, o outro e o nós.

5 – Conteúdo Programático:

  • Conceito de números ordinais.
  • Identificação e nomeação dos números ordinais até o décimo.
  • Aplicação dos números ordinais em situações do cotidiano, como datas, eventos e classificações.

6 – Metodologia:

  • Atividade Lúdica com Jogos Digitais: Utilização de jogos educativos online que proporcionam uma abordagem interativa e envolvente para explorar e praticar números ordinais.

7 – Atividades:

  1. Jogo Online de Classificação: Os alunos participarão de um jogo digital onde devem classificar objetos, animais ou eventos de acordo com sua posição usando números ordinais.
  2. Desafio de Sequências Numéricas: Os alunos serão desafiados a criar sequências numéricas usando números ordinais, como datas de aniversário, ordem de eventos históricos, etc.

8 – Recursos Didáticos:

  • Computadores ou tablets com acesso à internet para os jogos educativos online.
  • Quadro ou projetor para discussões em grupo.

9 – Metodologia de Avaliação:

  • Observação do desempenho dos alunos durante as atividades, avaliando sua capacidade de identificar, nomear e aplicar os números ordinais corretamente.
  • Verificação do entendimento dos alunos através de perguntas direcionadas durante as discussões em grupo.

10 – Cronograma de Aplicação:

  • Atividade 1: 40 minutos
  • Atividade 2: 40 minutos

Observação: O plano de aula pode ser adaptado conforme necessário para atender às necessidades específicas dos alunos, garantindo uma aprendizagem eficaz e significativa dos números ordinais.

Perguntas Frequentes

Ambiente de sala de aula com alunos realizando atividades de números ordinais, alinhadas à BNCC para o 3º ano

Como posso elaborar um plano de aula sobre números ordinais para o 3º ano seguindo a BNCC?

Para elaborar um plano de aula sobre números ordinais para o 3º ano seguindo a BNCC, o professor deve primeiro ter em mente as habilidades e competências que a BNCC espera que os alunos adquiram nessa etapa.

É importante que o plano de aula seja estruturado de forma a promover a participação ativa dos alunos, estimulando o raciocínio lógico e a resolução de problemas.

Quais atividades são eficazes para ensinar números ordinais a alunos do 3º ano?

Algumas atividades eficazes para ensinar números ordinais a alunos do 3º ano incluem jogos educativos, como jogos de memória e quebra-cabeças, bem como atividades práticas, como a construção de uma linha numérica utilizando cartazes e outros materiais didáticos.

O uso de exemplos do cotidiano, como a ordem de chegada dos alunos na escola ou a numeração dos assentos em um cinema, também pode ajudar a fixar o conceito de números ordinais.

Qual é a competência da BNCC relacionada ao ensino de números ordinais no 3º ano?

A competência da BNCC relacionada ao ensino de números ordinais no 3º ano está relacionada à habilidade de “utilizar o conhecimento matemático para compreender e interpretar situações que envolvam sequência numérica“, conforme descrito no documento da BNCC.

Como os números ordinais são abordados no contexto da BNCC para o 3º ano do ensino fundamental?

No contexto da BNCC para o 3º ano do ensino fundamental, os números ordinais são abordados como parte do eixo de “Espaço e Forma“, que tem como objetivo desenvolver a capacidade dos alunos de compreender e utilizar conceitos geométricos e numéricos.

Quais estratégias pedagógicas podem ser utilizadas para ensinar números ordinais no 3º ano?

Algumas estratégias pedagógicas que podem ser utilizadas para ensinar números ordinais no 3º ano incluem a utilização de jogos educativos, atividades práticas e exemplos do cotidiano.

Também é importante que o professor utilize uma linguagem clara e simples, e que estimule a participação ativa dos alunos.

Como avaliar o aprendizado de números ordinais em estudantes do 3º ano de acordo com a BNCC?

Para avaliar o aprendizado de números ordinais em estudantes do 3º ano de acordo com a BNCC, o professor pode utilizar atividades práticas.

Exemplos incluem a construção de uma linha numérica ou a resolução de problemas envolvendo números ordinais.

Também é importante que o professor esteja atento à participação dos alunos durante as aulas.

Além disso, é essencial que o professor faça uma avaliação formativa ao longo do processo de aprendizagem.

5/5 - (1 vote)
Compartilhe este Post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prezado(a) Educador(a), o Conteúdo Integral deste artigo é Exclusivo para Assinantes.

Seja ASSINANTE e veja o conteúdo integral dos Artigos.
Tenha acesso livre aos -Planos de Aula - e -Atividades-

Ganhe BRINDES de Planos de Aula e Atividades; desfrute de Vantagens Exclusivas!👇