Pular para o conteúdo
Início » Artigos do Blog » Educação » Planos de Aula » Educação Infantil » Plano de aula sobre folclore para Educação Infantil conforme BNCC

Plano de aula sobre folclore para Educação Infantil conforme BNCC

Anúncio de Terceiros

Ainda Quebra a Cabeça com Planos de Aula?
Use Planos Prontos!

PLANOS PRONTOSAMOSTRAGANHE:
Educação InfantilVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 1VerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 2VerAtividades para Imprimir + Bônus
Novo Ensino MédioVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ver Tabela Completa por Disciplina

Plano de aula sobre folclore

O folclore brasileiro é um tema rico e diverso que pode ser trabalhado na educação infantil, contribuindo para o desenvolvimento das crianças e para a valorização da cultura nacional. Para trabalhar este tema, é importante que os professores elaborem planos de aula que estejam de acordo com as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que estabelece as competências e habilidades que os alunos devem desenvolver ao longo da educação básica.

Ao trabalhar o folclore na educação infantil, é possível explorar diferentes aspectos da cultura brasileira, como lendas, contos, festas populares, danças e músicas típicas de cada região. Além disso, essa abordagem pode contribuir para o desenvolvimento de habilidades importantes, como a criatividade, a expressão artística, a pesquisa e a valorização da identidade e cultura.

Independente do tema, é fundamental que os planos de aula sejam elaborados com base nas diretrizes da BNCC, que estabelecem as competências e habilidades que os alunos devem desenvolver em cada etapa da educação básica.

Além disso, é importante que os professores utilizem recursos didáticos adequados e atividades lúdicas e criativas para envolver as crianças nesse processo de aprendizagem.

Leia o artigo até o final e veja um plano de aula completo sobre o tema do folclore para você usar e adaptar livremente para seus alunos.

Resumindo nosso assunto

  • O folclore brasileiro é um tema rico e diverso que pode ser trabalhado na educação infantil, contribuindo para o desenvolvimento das crianças e para a valorização da cultura nacional.
  • Os planos de aula devem estar de acordo com as diretrizes da BNCC, que estabelecem as competências e habilidades que os alunos devem desenvolver em cada etapa da educação básica.
  • É importante utilizar recursos didáticos adequados e atividades lúdicas e criativas para envolver as crianças nesse processo de aprendizagem.

Entendendo o Folclore

O folclore é um conjunto de tradições e costumes populares que são transmitidos de geração em geração. Ele é composto por lendas, mitos, danças, festas, artesanatos, cantigas de roda, entre outras manifestações culturais. O folclore é uma forma de expressão cultural que representa a identidade de um povo e sua história.

A cultura popular é o conjunto de expressões culturais que são produzidas pelo povo, sem a interferência da elite cultural. Ela é formada por elementos que são transmitidos oralmente e que são passados de geração em geração. A cultura popular é uma forma de resistência e de luta contra a dominação cultural.

A história do folclore brasileiro é muito rica e diversa. Ele é formado por influências indígenas, africanas e europeias. As lendas, mitos e festas populares são um reflexo da diversidade cultural do país. O folclore brasileiro é uma forma de preservar a história e a cultura do país.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Berçário e MaternalVerBônus Exclusivos!
Educação InfantilVerBônus Exclusivos!
Fundamental 1VerBônus Exclusivos!
Novo Ensino MédioVerBônus Exclusivos!
  Ver Todas as Atividades

As diretrizes da BNCC incluem o ensino do folclore na educação infantil. Isso porque o folclore é uma forma de valorizar a cultura popular e de preservar a história do país. O ensino do folclore na educação infantil deve ser feito de forma lúdica e interativa, para que as crianças possam aprender de forma prazerosa e significativa.

Ao final, o objetivo é que as crianças aprendam que o folclore é um conjunto de tradições e costumes populares que representam a identidade de um povo e sua história. A cultura popular é a forma de expressão cultural produzida pelo povo. A história do folclore brasileiro é diversa e rica em influências.

As diretrizes da BNCC incluem o ensino do folclore na educação infantil, para valorizar a cultura popular e preservar a história do país.

Qual habilidade da BNCC é usada para trabalhar o folclore na educação infantil?

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que estabelece as diretrizes para o ensino de todas as disciplinas nas escolas brasileiras. Para trabalhar o folclore na educação infantil, é necessário identificar as habilidades e competências previstas na BNCC.

Uma das habilidades da BNCC que pode ser trabalhada ao ensinar folclore na educação infantil é a valorização da diversidade cultural. Segundo a BNCC, é importante que as crianças aprendam a respeitar e valorizar as diferenças culturais que existem no Brasil e no mundo. Ao ensinar folclore, os professores podem apresentar as diferentes manifestações culturais que existem no país, como danças, músicas, lendas e festas populares.

Outra habilidade importante é a compreensão e interpretação de textos. O folclore é uma fonte rica de histórias e lendas que podem ser utilizadas para desenvolver a capacidade de leitura e interpretação das crianças. Ao contar histórias e lendas folclóricas, os professores podem estimular a imaginação e a criatividade das crianças, além de ajudá-las a desenvolver a compreensão de textos.

Além disso, a BNCC também prevê a habilidade de identificar e utilizar diferentes linguagens. O folclore é uma forma de linguagem que utiliza elementos como dança, música, teatro e artesanato para expressar ideias e sentimentos. Ao trabalhar o folclore na educação infantil, os professores podem estimular as crianças a experimentar e utilizar diferentes formas de linguagem para se expressar.

Assim, ao trabalhar o folclore na educação infantil conforme as diretrizes da BNCC, é possível desenvolver habilidades importantes como a valorização da diversidade cultural, a compreensão e interpretação de textos e a identificação e utilização de diferentes linguagens.

Diretrizes da BNCC

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que orienta a elaboração de planos de aula para a educação infantil e ensino fundamental. A BNCC define as habilidades e competências que os estudantes devem desenvolver em cada etapa da educação básica, incluindo a educação infantil.

Na educação infantil, a BNCC é organizada em cinco campos de experiências:

  • O eu, o outro e o nós;
  • Corpo, gestos e movimentos;
  • Traços, sons, cores e formas;
  • Oralidade e escrita;
  • Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

Cada um desses campos de experiências é composto por habilidades e competências específicas que devem ser desenvolvidas pelas crianças. Os planos de aula devem ser elaborados de acordo com essas diretrizes, garantindo que as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade e que desenvolvam suas habilidades de forma integral.

No caso do plano de aula sobre folclore para educação infantil, é importante que o professor leve em consideração as diretrizes da BNCC relacionadas aos campos de experiências de traços, sons, cores e formas e oralidade e escrita. Dessa forma, é possível garantir que as atividades propostas estejam alinhadas com as habilidades e competências definidas pela BNCC.

Planos de Aula

Os planos de aula são essenciais para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem na educação infantil. Eles são elaborados pelos professores e devem seguir as diretrizes da BNCC, que é a base nacional comum curricular.

O planejamento deve ser feito de forma cuidadosa, levando em consideração os objetivos de aprendizagem, os métodos e recursos didáticos, e o método de avaliação. Além disso, deve-se considerar a faixa etária das crianças, suas habilidades e interesses, bem como a diversidade cultural presente na sala de aula.

Para o ensino do folclore na educação infantil, é importante que os planos de aula contemplem atividades lúdicas e interativas, que estimulem a criatividade e a imaginação das crianças. É possível utilizar músicas, danças, brincadeiras e jogos para trabalhar os elementos do folclore de forma divertida e educativa.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Educação EspecialVerBônus Exclusivos!
Jogos PedagógicosVerBônus Exclusivos!
Datas ComemorativasVerBônus Exclusivos!
Para AlfabetizaçãoVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

Os planos de aula devem ser flexíveis e adaptáveis, levando em consideração as necessidades e interesses das crianças. É importante que o professor esteja preparado para fazer ajustes e mudanças no planejamento, caso seja necessário.

Em resumo, os planos de aula são fundamentais para o ensino do folclore na educação infantil, uma vez que permitem ao professor organizar as atividades de forma clara e objetiva, levando em consideração as diretrizes da BNCC e as necessidades das crianças.

Recursos Didáticos

Para a elaboração de um plano de aula sobre folclore para a Educação Infantil, conforme as diretrizes da BNCC, é importante utilizar recursos didáticos que sejam adequados para a faixa etária das crianças e que possam auxiliar no processo de aprendizagem de forma lúdica e interativa.

Entre os recursos didáticos que podem ser utilizados estão vídeos infantis de músicas folclóricas, materiais e imagens que retratem a cultura popular, livros com histórias que abordem o tema do folclore, bem como a televisão, que pode ser utilizada de forma consciente e pedagógica para exibir programas e documentários que tratem sobre o assunto.

Os vídeos infantis de músicas folclóricas são uma ótima opção para introduzir o tema do folclore de forma lúdica e animada para as crianças. Além disso, é possível utilizar materiais e imagens que retratem a cultura popular, como artesanatos, comidas típicas, danças e festas populares, para que as crianças possam conhecer e se identificar com a cultura do seu país.

Os livros infantis também são uma ótima opção de recurso didático para trabalhar o tema do folclore com as crianças. É possível encontrar diversos títulos que abordem as lendas, mitos e tradições populares de forma lúdica e divertida. Além disso, os livros podem ser utilizados para incentivar a leitura e o desenvolvimento da imaginação e criatividade das crianças.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!
ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Consciência FonológicaVerBônus Exclusivos!
Inglês e EspanholVerBônus Exclusivos!
Atividades BíblicasVerBônus Exclusivos!
Atividades NatalinasVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

Por fim, a televisão pode ser utilizada de forma consciente e pedagógica para exibir programas e documentários que tratem sobre o tema do folclore. É importante que os programas selecionados sejam adequados para a faixa etária das crianças e que tenham conteúdo educativo e informativo.

Em resumo, os recursos didáticos são essenciais para a elaboração de um plano de aula sobre folclore para a Educação Infantil. É importante utilizar materiais e recursos que sejam adequados para a faixa etária das crianças e que possam auxiliar no processo de aprendizagem de forma lúdica e interativa.

Atividades e Brincadeiras

As atividades e brincadeiras são essenciais para o desenvolvimento infantil e podem ser utilizadas como ferramentas pedagógicas para ensinar sobre o folclore brasileiro. De acordo com as diretrizes da BNCC, é importante que as atividades propostas sejam lúdicas e adequadas à faixa etária das crianças.

Uma atividade interessante é a criação de uma roda de conversa sobre lendas folclóricas brasileiras. As crianças podem ser incentivadas a contar suas versões das histórias e a discutir o que aprenderam sobre a cultura brasileira. Além disso, é possível realizar atividades de desenho e pintura, nas quais as crianças podem representar as personagens das lendas folclóricas.

As brincadeiras cantadas também são uma ótima opção para ensinar sobre o folclore brasileiro. Por exemplo, a brincadeira “Ciranda, cirandinha” pode ser utilizada para ensinar sobre as tradições culturais do Nordeste brasileiro. Já a brincadeira “Boi da cara preta” pode ser utilizada para ensinar sobre a cultura do Sul do país.

Outra atividade interessante é a realização de uma oficina de instrumentos musicais folclóricos. As crianças podem aprender a fazer instrumentos como o berimbau, o pandeiro e a cuíca, e depois utilizá-los para tocar músicas folclóricas brasileiras.

Lendas e Contos do Folclore Brasileiro

As lendas e contos do folclore brasileiro são uma parte importante da cultura nacional e podem ser ensinados às crianças desde a educação infantil, conforme as diretrizes da BNCC. Essas histórias são transmitidas oralmente de geração em geração e têm o poder de despertar a imaginação e a curiosidade das crianças.

Uma das lendas mais conhecidas do folclore brasileiro é a lenda do Saci-Pererê. O Saci é um personagem travesso e brincalhão, que usa um gorro vermelho e fuma cachimbo. Ele é conhecido por suas travessuras, como esconder objetos e assustar animais. Essa lenda pode ser usada para ensinar valores como respeito e responsabilidade.

Outra lenda famosa é a lenda da Iara, a sereia do rio. Ela é conhecida por sua beleza e voz encantadora, que atrai os homens para as profundezas do rio. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância da preservação dos rios e da natureza.

A lenda do Curupira é outra história popular do folclore brasileiro. Ele é um protetor das florestas e dos animais, com cabelos vermelhos e pés virados para trás. Ele é conhecido por suas travessuras e por assustar caçadores que invadem a floresta. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância da preservação da fauna e da flora.

O Boto-cor-de-rosa é outra lenda interessante do folclore brasileiro. Ele é um personagem mágico que se transforma em um homem bonito para seduzir as mulheres. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância do respeito e da igualdade de gênero.

A Cuca é uma lenda que assusta muitas crianças. Ela é uma bruxa que vive em uma caverna e sequestra crianças desobedientes. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância da obediência e do respeito aos mais velhos.

A Mula-sem-cabeça é uma lenda que assusta muitas pessoas. Ela é uma mula que tem fogo saindo do pescoço e não tem cabeça. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância da coragem e da superação do medo.

O Boitatá é uma lenda que fala sobre uma cobra de fogo que protege as florestas. Essa lenda pode ser usada para ensinar sobre a importância da preservação ambiental e da conservação das florestas.

As lendas e contos do folclore brasileiro são uma forma divertida e educativa de ensinar valores importantes às crianças desde a educação infantil, seguindo as diretrizes da BNCC.

Arte e Expressão

A arte e a expressão são elementos essenciais, que se usadas, permitem que as crianças desenvolvam a criatividade, a imaginação e a sensibilidade. A dança, a música e as artes visuais são formas de expressão que possibilitam o contato com diferentes culturas e tradições, incluindo o folclore.

No plano de aula sobre folclore para a educação infantil, é importante incluir atividades que envolvam a arte e a expressão. As canções folclóricas, por exemplo, são uma forma de introduzir as crianças ao universo do folclore e da cultura popular brasileira. Além disso, cantigas de roda, ritmos e sons também podem ser trabalhados para que as crianças possam explorar diferentes sensações e expressões corporais.

Os instrumentos musicais também são uma forma de estimular a criatividade e a expressão das crianças. É possível incluir atividades que envolvam a criação de instrumentos musicais com materiais recicláveis, por exemplo, ou que permitam que as crianças experimentem diferentes sons e ritmos.

Ao trabalhar com arte e expressão na educação infantil, é importante respeitar as diretrizes da BNCC, que enfatizam a importância da educação integral e do desenvolvimento das habilidades socioemocionais das crianças. Dessa forma, as atividades devem ser planejadas de forma a contemplar diferentes formas de expressão e linguagens, como as artes visuais, a música e a dança.

Identidade e Cultura

A construção da identidade e da valorização da cultura brasileira são aspectos importantes na educação infantil. De acordo com as diretrizes da BNCC, é necessário que as crianças tenham contato com as manifestações culturais e tradições populares do país, a fim de compreender e respeitar a diversidade cultural presente na sociedade.

O folclore brasileiro é uma das formas mais ricas de expressão da cultura popular e pode ser trabalhado de diversas maneiras em sala de aula. Ao explorar as lendas, danças, cantigas, brincadeiras e festas populares, as crianças têm a oportunidade de conhecer e valorizar as diferentes tradições presentes no país.

Além disso, ao trabalhar o folclore brasileiro em sala de aula, é possível promover a construção da identidade das crianças, valorizando suas origens e suas raízes culturais. Desse modo, elas podem se reconhecer como parte de uma cultura e de um povo, e compreender a importância de preservar e valorizar as tradições populares.

Nesse sentido, é importante que os planos de aula sobre folclore para a educação infantil estejam em conformidade com as diretrizes da BNCC, de forma a garantir que as crianças tenham acesso a uma educação significativa e contextualizada, que valorize suas identidades e suas culturas.

Pesquisa e Aprendizagem

A pesquisa e a aprendizagem são elementos usados para o desenvolvimento das crianças na Educação Infantil. Conforme as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), é essencial que os planos de aula incluam atividades que estimulem a pesquisa e a construção do conhecimento pelos alunos.

É importante que os professores criem atividades que desenvolvam habilidades como interpretação de textos, raciocínio lógico, memória e criatividade. Através dessas atividades, as crianças podem aprender sobre o folclore brasileiro de forma lúdica e divertida.

Uma das formas de estimular a pesquisa e a aprendizagem é através da utilização de jogos didáticos. Jogos como o “Bingo do Folclore” ou o “Jogo da Memória do Folclore” são exemplos de atividades que podem ser utilizadas para ensinar sobre as lendas, mitos e tradições do folclore brasileiro.

Outra forma de estimular a pesquisa é através da realização de atividades em grupo. Os professores podem dividir a turma em grupos e pedir que cada grupo pesquise sobre uma lenda ou mito do folclore brasileiro. Após a pesquisa, cada grupo pode apresentar o resultado para a turma, estimulando a criatividade e a colaboração entre os alunos.

Além disso, é importante que os professores utilizem materiais didáticos adequados para a idade das crianças. Livros ilustrados, vídeos educativos e músicas folclóricas são exemplos de materiais que podem ser utilizados para ensinar sobre o folclore brasileiro.

Em suma, a pesquisa e a aprendizagem são elementos fundamentais para o ensino do folclore brasileiro na Educação Infantil, conforme as diretrizes da BNCC. Os professores devem criar atividades que estimulem a criatividade, a colaboração e o desenvolvimento das habilidades cognitivas das crianças.

Plano de Aula Pronto sobre Folclore

Plano de Aula – Folclore

Tema: Folclore

Campo de Experiência trabalhado: Escuta, fala, pensamento e imaginação.

Faixa etária: Educação Infantil (crianças de 4 a 5 anos).

Objetivo geral: Desenvolver o conhecimento e valorização do folclore brasileiro, suas lendas, cantigas, brincadeiras e personagens, estimulando a imaginação e a criatividade das crianças.

Objetivos específicos:

  1. Identificar personagens do folclore brasileiro, como o Saci-Pererê, Cuca, Boitatá, entre outros.
  2. Conhecer e cantar cantigas e músicas folclóricas.
  3. Participar de brincadeiras e jogos folclóricos.
  4. Criar e representar personagens e histórias do folclore através de atividades lúdicas.

Passo a passo:

1. Aquecimento (10 minutos):

  • Roda de conversa: Iniciar a aula perguntando se as crianças conhecem algum personagem do folclore brasileiro ou alguma música folclórica. Deixe que compartilhem suas experiências e conhecimentos.

2. Apresentação dos personagens folclóricos (15 minutos):

  • Apresente aos alunos alguns personagens do folclore brasileiro, como o Saci-Pererê, a Cuca, o Curupira, a Iara, entre outros. Utilize imagens e ilustrações para tornar a apresentação mais atrativa e adequada à idade.
  • Converse com as crianças sobre as características de cada personagem, suas histórias e como são representados nas lendas.

3. Cantigas e músicas folclóricas (15 minutos):

  • Ensine e cante junto com as crianças algumas cantigas e músicas folclóricas conhecidas, como “Sapo Cururu”, “Peixe Vivo” e “Ciranda, Cirandinha”.
  • Utilize gestos e movimentos corporais para acompanharem a música, tornando a atividade mais interativa e lúdica.

4. Brincadeiras folclóricas (20 minutos):

  • Organize algumas brincadeiras tradicionais do folclore brasileiro, como “Pular Corda”, “Amarelinha”, “Pega-pega”, “Bambolê”, entre outras.
  • Divida as crianças em grupos e explore cada brincadeira, incentivando a participação de todos.

5. Atividade criativa (20 minutos):

  • Proponha uma atividade artística e criativa em que as crianças poderão criar seu próprio personagem folclórico ou contar uma história baseada nos personagens que aprenderam.
  • Disponibilize papel, lápis de cor, giz de cera e outros materiais para que eles possam ilustrar suas criações.

6. Encerramento (5 minutos):

  • Finalize a aula reunindo as crianças em uma roda e faça uma breve recapitulação das atividades realizadas.
  • Pergunte o que elas mais gostaram de aprender e vivenciar sobre o folclore brasileiro.
  • Cante novamente alguma das cantigas ou músicas que aprenderam durante a aula como forma de despedida.

Recursos:

  • Imagens e ilustrações dos personagens folclóricos.
  • Cantigas e músicas folclóricas.
  • Cordas para a brincadeira de pular corda.
  • Giz de cera, lápis de cor e papel para a atividade artística.
  • Espaço amplo para realizar as brincadeiras folclóricas.

Lembre-se de que o plano de aula deve ser adaptado de acordo com a realidade e a dinâmica da sua sala de aula, considerando as necessidades e interesses das crianças. O importante é proporcionar um ambiente lúdico e estimulante para o aprendizado sobre o folclore brasileiro, valorizando as tradições culturais do país.

5/5 - (2 votes)
Compartilhe este Post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prezado(a) Educador(a), o Conteúdo Integral deste artigo é Exclusivo para Assinantes.

Seja ASSINANTE e veja o conteúdo integral dos Artigos.
Tenha acesso livre aos -Planos de Aula - e -Atividades-

Torne-se ASSINANTE e tenha Acesso às Ferramentas Inteligentes:
Gerador Automático de Planos de Aula -
-Gerador de Ideias de Atividades-

Ganhe BRINDES de Atividades para Imprimir; desfrute de Vantagens Exclusivas!👇