Pular para o conteúdo
Início » Artigos do Blog » Plano de Aula Sistema Monetário para o 1º Ano, conforme BNCC

Plano de Aula Sistema Monetário para o 1º Ano, conforme BNCC

Anúncio de Terceiros

Ainda Quebra a Cabeça com Planos de Aula?
Use Planos Prontos!

PLANOS PRONTOSAMOSTRAGANHE:
Educação InfantilVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 1VerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 2VerAtividades para Imprimir + Bônus
Novo Ensino MédioVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ver Tabela Completa por Disciplina

Este artigo mergulha em estratégias pedagógicas e técnicas de ensino voltadas para o Sistema Monetário, visando não apenas ajudar você a construir um ótimo plano de aula, mas também destacar como ele se coaduna com os princípios fundamentais da BNCC.

A compreensão dos conceitos financeiros desde os primeiros anos de escolaridade é fundamental para o desenvolvimento cognitivo e para a formação de cidadãos conscientes e preparados para os desafios do mundo contemporâneo.

Acompanhe-nos nesta jornada de descobertas pedagógicas, onde desmistificaremos o processo de elaboração de um Plano de Aula eficiente para o ensino do Sistema Monetário para o 1º Ano, integrando-o harmoniosamente aos pilares da BNCC.

Começaremos conceituando o sistema monetário, como ele funciona na prática ao relacionar valores, moedas e cédulas.

Por fim, responderemos as perguntas mais frequente sobre este assunto e desenvolveremos um plano de aula como exemplo para você usar com seus alunos.

Prepare-se para uma imersão educacional que transcende a sala de aula e estabelece as bases para o sucesso acadêmico e social dos nossos pequenos aprendizes!

Plano de Aula Sistema Monetário

A proposta é que os alunos do primeiro ano do ensino fundamental possam compreender o funcionamento do dinheiro, identificar as moedas e cédulas, e relacionar valores em situações simples do cotidiano.

O objetivo é que os estudantes possam desenvolver habilidades financeiras desde cedo, compreendendo a importância do dinheiro e como utilizá-lo de forma consciente.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Berçário e MaternalVerBônus Exclusivos!
Educação InfantilVerBônus Exclusivos!
Fundamental 1VerBônus Exclusivos!
Novo Ensino MédioVerBônus Exclusivos!
  Ver Todas as Atividades

Para alcançar esses objetivos, o plano de aula sobre o sistema monetário para o 1º ano deve apresentar atividades e recursos que estimulem o aprendizado de forma lúdica e interativa.

Ao final do plano de aula, espera-se que os alunos tenham ampliado seu conhecimento sobre o sistema monetário brasileiro, desenvolvendo habilidades financeiras importantes para a vida adulta.

Pontos Principais

  • O plano de aula sobre sistema monetário para o 1º ano visa estimular o aprendizado sobre o sistema monetário brasileiro desde cedo.
  • As atividades e recursos apresentados no plano de aula devem ser lúdicos e interativos, estimulando o interesse dos alunos pelo assunto.
  • Ao final do plano de aula, espera-se que os alunos tenham ampliado seu conhecimento sobre o sistema monetário brasileiro e desenvolvido habilidades financeiras importantes para a vida adulta.

Entendendo o Sistema Monetário Brasileiro

O Sistema Monetário Brasileiro é composto por moedas e cédulas que possuem diferentes valores. As moedas em circulação atualmente são de 1, 5, 10, 25 e 50 centavos, além de 1 real. Já as cédulas são de 2, 5, 10, 20, 50, 100 e 200 reais.

Cada moeda e cédula possui um valor que é determinado pelo Banco Central do Brasil. O valor de uma moeda ou cédula é importante para que as pessoas possam realizar transações comerciais de forma adequada.

É importante que as crianças do 1º ano compreendam os valores de cada moeda e cédula do Sistema Monetário Brasileiro, para que possam utilizá-las corretamente em suas atividades cotidianas.

O Real é a moeda oficial do Brasil desde 1994, quando substituiu o Cruzeiro. Desde então, o Sistema Monetário Nacional tem sido baseado no Real e suas frações, como as moedas de centavos e as cédulas de valores maiores.

Ao ensinar sobre o Sistema Monetário Brasileiro para as crianças do 1º ano, é preciso que o professor utilize recursos didáticos como jogos, brincadeiras, tabelas e outros materiais que possam auxiliar na compreensão dos valores de moedas e cédulas.

Compreender o Sistema Monetário Brasileiro é importante para que as crianças possam desenvolver habilidades financeiras desde cedo, como a capacidade de contar dinheiro, fazer trocos e realizar compras de forma consciente.

Habilidades e Objetivos de Aprendizagem

O plano de aula sobre o sistema monetário para o 1º ano deve estar alinhado com as habilidades e objetivos de aprendizagem previstos pela BNCC para o ensino fundamental em matemática.

Entre as habilidades que devem ser desenvolvidas pelos alunos estão a capacidade de reconhecer e relacionar valores monetários, resolver problemas envolvendo dinheiro e identificar as cédulas e moedas em circulação.

Para alcançar esses objetivos, é importante que o plano de aula inclua atividades lúdicas e interativas, que estimulem a curiosidade e a participação dos alunos.

Algumas das habilidades da BNCC que podem ser trabalhadas no plano de aula incluem:

  • EF01MA19: Resolver e elaborar problemas de adição e subtração, com números naturais, envolvendo quantidades que exigem a realização de trocas e a compreensão do sistema de numeração decimal, utilizando estratégias diversas, como o cálculo exato e o arredondamento.
  • EF01MA20: Estimar e medir comprimentos, massas, capacidades e tempo, utilizando unidades de medida não padronizadas e convencionais adequadas ao objeto a ser medido.
  • EF01MA21: Reconhecer e relacionar cédulas e moedas do sistema monetário brasileiro e resolver situações simples do cotidiano que envolvam compras, pagamento de contas e troco, utilizando cédulas e moedas do sistema monetário brasileiro.

Com essas habilidades em mente, o plano de aula deve ser estruturado de forma a permitir que os alunos desenvolvam as competências necessárias para compreender e utilizar o sistema monetário brasileiro de forma eficiente e consciente.

Relacionando Valores de Moedas e Cédulas

Plano de Aula Sistema Monetário

No plano de aula sobre o Sistema Monetário para o 1º ano, é importante que as crianças aprendam a relacionar valores de moedas e cédulas.

Isso envolve reconhecer o valor de cada moeda e cédula, bem como compreender sua equivalência em relação às outras.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Educação EspecialVerBônus Exclusivos!
Jogos PedagógicosVerBônus Exclusivos!
Datas ComemorativasVerBônus Exclusivos!
Para AlfabetizaçãoVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

Para ensinar isso, o professor pode utilizar atividades práticas, como jogos de troco, onde as crianças precisam identificar o valor das moedas e cédulas para fazer a troca correta.

Além disso, é possível utilizar tabelas e gráficos que mostrem a equivalência entre as diferentes moedas e cédulas.

Um exemplo de tabela que pode ser utilizada é a tabela do Sistema Monetário Brasileiro, que mostra o valor de cada cédula e moeda em relação ao Real.

Nessa tabela, é possível ver que a cédula de R$ 50,00 tem o maior valor, seguida pela de R$ 20,00, R$ 10,00, R$ 5,00 e R$ 2,00. Já as moedas têm valores menores, como R$ 1,00, R$ 0,50, R$ 0,25, R$ 0,10, R$ 0,05 e R$ 0,01.

Ao utilizar essas ferramentas, as crianças podem aprender a relacionar os valores das moedas e cédulas de forma visual e prática, o que facilita a compreensão e fixação do conteúdo.

Com isso, elas estarão mais preparadas para lidar com o dinheiro entendendo o seu valor e como utilizá-lo de forma adequada.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!
ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Consciência FonológicaVerBônus Exclusivos!
Inglês e EspanholVerBônus Exclusivos!
Atividades BíblicasVerBônus Exclusivos!
Atividades NatalinasVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

Situações Simples do Cotidiano

O ensino de Educação Financeira no primeiro segmento do Ensino Fundamental é primordial para a formação de cidadãos conscientes e responsáveis financeiramente.

Uma das habilidades que os alunos do 1º ano devem desenvolver é a capacidade de resolver situações simples do cotidiano utilizando o sistema monetário brasileiro.

Essa habilidade pode ser aplicada em diversas situações do dia a dia, como em uma ida à feira ou ao mercado.

Na sala de aula, os professores podem utilizar atividades que simulem essas situações para que os alunos possam praticar e aprimorar seus conhecimentos.

Por exemplo, os alunos podem ser desafiados a comprar determinados produtos em uma feira fictícia utilizando notas e moedas de diferentes valores.

Dessa forma, eles podem aprender a fazer cálculos simples de adição e subtração, além de reconhecer e utilizar corretamente as diferentes cédulas e moedas em circulação.

Os professores devem incentivar os alunos a trazerem exemplos de situações simples do cotidiano em que o sistema monetário é utilizado, como em uma ida ao cinema ou em uma compra na padaria.

Essas situações podem ser discutidas em sala de aula, permitindo que os alunos compartilhem suas experiências e aprendam uns com os outros.

Assim, o ensino de Educação Financeira no primeiro segmento do Ensino Fundamental deve estar voltado para a resolução de situações simples do cotidiano do estudante.

Os professores devem utilizar atividades práticas e lúdicas para que os alunos possam aprender de forma significativa e divertida.

Atividades e Recursos

Para ajudar as crianças do 1º ano a compreender o sistema monetário brasileiro, os professores podem utilizar uma variedade de atividades e recursos.

Algumas atividades que podem ser impressas em folhas incluem jogos de contagem, quebra-cabeças e atividades de colorir.

Além disso, os professores podem criar montes de cédulas e moedas (imitações das verdadeiras) para que as crianças possam manuseá-las e se familiarizar com as diferentes denominações.

Uma ideia é pedir para cada aluno criar seu próprio cofrinho, utilizando uma folha de papel A4 branca, canetinhas e fita crepe/adesiva.

Eles podem decorar o cofrinho e depois utilizá-lo para guardar as moedas que irão ganhar nas atividades.

O professor pode promover atividades em que as crianças ganhem moedas de brinquedo para que possam colocá-las em seus cofrinhos.

Outra ideia é utilizar jogos de tabuleiro que envolvam dinheiro, como o banco imobiliário. Isso pode ajudar as crianças a compreenderem como funciona o sistema monetário brasileiro de forma mais lúdica e divertida.

Os professores podem também utilizar atividades que envolvam a criação de situações do cotidiano, como ir à padaria ou ao supermercado, para que as crianças possam praticar a contagem e o uso do dinheiro de forma prática. Isso pode ajudar a tornar o aprendizado mais concreto e significativo para as crianças.

Ampliando o Conhecimento

Na elaboração do plano de aula sobre o sistema monetário para o 1º ano, é preciso considerar a ampliação do conhecimento dos alunos.

Para isso, é necessário que a sequência didática envolva atividades que permitam a compreensão do campo aditivo, da sequência crescente e decrescente, do sistema de numeração decimal, da quantificação, da contagem de um em um, de dois em dois, de cinco em cinco, de dez em dez, da noção de acrescentar e da numeração decimal.

Além disso, é importante que a sequência didática seja interdisciplinar, envolvendo outras áreas do conhecimento, como a Língua Portuguesa, por exemplo.

Dessa forma, os alunos terão a oportunidade de desenvolver habilidades em diferentes áreas, ampliando ainda mais o seu conhecimento.

Para que a ampliação do conhecimento seja efetiva, é importante que o plano de aula seja contemplado com atividades que despertem o interesse dos alunos.

Uma sugestão é a criação de um blog, onde os alunos possam compartilhar suas descobertas e aprendizados sobre o sistema monetário.

Por fim, é preciso ressaltar que a ampliação do conhecimento sobre o sistema monetário é fundamental para a formação dos alunos, permitindo que eles possam compreender melhor o mundo ao seu redor e tomar decisões mais conscientes no futuro.

Envolvendo Pais e Responsáveis

Para que o ensino do sistema monetário seja eficiente, é interessante envolver os pais e responsáveis no processo de aprendizado.

Dessa forma, eles podem compartilhar informações e conhecimentos com as crianças, além de ajudá-las a praticar o que foi aprendido em sala de aula.

Os pais podem ser convidados a participar de atividades em sala de aula, como jogos e simulações, para que possam entender melhor o que as crianças estão aprendendo e como podem ajudar em casa.

Além disso, podem ser fornecidos materiais didáticos para que eles possam revisar o conteúdo em casa com as crianças.

Os pais precisam ser orientados a não apenas ensinar as crianças sobre o sistema monetário, mas também sobre a importância de economizar dinheiro e fazer escolhas financeiras responsáveis.

Assim, as crianças podem aprender a ter uma relação saudável com o dinheiro desde cedo.

No caso do 1º ano do ensino fundamental, os pais podem ser incentivados a ajudar as crianças a identificar moedas e notas de dinheiro em casa, além de ensiná-las a contar dinheiro e fazer pequenas compras.

Isso pode ser feito de forma lúdica e divertida, para que a criança se sinta motivada e interessada em aprender.

Plano de Aula Pronto

Plano de Aula: Sistema Monetário para Alunos do 1° Ano do Ensino Fundamental

Objetivo Geral: Compreender o sistema monetário, reconhecendo as moedas e cédulas em circulação, entendendo suas funções e desenvolvendo noções básicas de valor e troca.

Objetivos Específicos:

  1. Identificar e nomear as moedas e cédulas do sistema monetário brasileiro.
  2. Compreender o valor das moedas e cédulas em situações cotidianas.
  3. Desenvolver noções básicas de troca e utilização do dinheiro.

Campos de Experiência:

  1. O eu, o outro e o nós:
    • Desenvolver a consciência de si mesmo como usuário do sistema monetário.
    • Compreender a importância do dinheiro nas relações sociais.
  2. Corpo, gestos e movimentos:
    • Utilizar o corpo para simular situações de troca e compra.
    • Associar gestos e movimentos às ações relacionadas ao uso do dinheiro.
  3. Traços, sons, cores e formas:
    • Reconhecer as características visuais das moedas e cédulas.
    • Associar cores e formas às diferentes denominações do dinheiro.

Passo a Passo:

1. Introdução (20 minutos):

  • Atividade Lúdica: Jogo da memória com imagens de moedas e cédulas.
  • Recursos: Cartas com imagens de moedas e cédulas, quadro ou cartaz.

2. Identificação das Moedas e Cédulas (30 minutos):

  • Atividade Prática: Os alunos manipulam moedas e cédulas, nomeando cada uma.
  • Recursos: Conjunto de moedas e cédulas de brinquedo, quadro ou cartaz explicativo.

3. Valores e Trocas (30 minutos):

  • Atividade Lúdica: Jogo de compra e venda com produtos fictícios e preços simbólicos.
  • Recursos: Produtos de brinquedo, etiquetas de preços, dinheiro fictício.

4. Contação de História (20 minutos):

  • Atividade: Contar uma história envolvendo personagens que utilizam dinheiro.
  • Recursos: Livro ou conto relacionado ao tema.

5. Aplicação Prática (40 minutos):

  • Atividade Prática: Simulação de uma pequena feira, onde os alunos podem comprar e vender utilizando dinheiro fictício.
  • Recursos: Produtos reais ou de brinquedo, dinheiro fictício, espaços demarcados para as “barracas”.

6. Reflexão Final (15 minutos):

  • Atividade: Roda de conversa para compartilhar as experiências na feira simulada.
  • Recursos: Quadro ou cartaz para registrar as reflexões.

Avaliação: A avaliação será contínua, observando a participação, a capacidade de identificação de moedas e cédulas, o entendimento dos valores e a aplicação prática nas simulações de compra e venda.

Observações:

  • Adapte as atividades conforme a dinâmica da turma.
  • Estimule a cooperação entre os alunos durante as atividades práticas.
  • Reforce a importância do dinheiro como meio de troca na sociedade.

Referências:

  • Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o Ensino Fundamental.
  • Livros didáticos e materiais pedagógicos relacionados ao tema.

Perguntas Frequentes

Como trabalhar o sistema monetário na educação infantil?

O sistema monetário pode ser trabalhado na educação infantil por meio de atividades lúdicas e interativas que estimulem o interesse das crianças pelo tema. É importante que os professores utilizem recursos pedagógicos que possam facilitar a compreensão dos alunos sobre o assunto, como jogos, brincadeiras e simulações de situações cotidianas que envolvam dinheiro.

Quais atividades podem ser desenvolvidas para ensinar o sistema monetário no 1º ano?

No primeiro ano, é possível desenvolver atividades que envolvam a identificação de moedas e cédulas, bem como a compreensão dos valores de cada uma delas. Além disso, os alunos podem ser incentivados a simular situações de compra e venda, utilizando o dinheiro de mentira para realizar as transações.

Qual a importância de trabalhar o sistema monetário na alfabetização?

O trabalho com o sistema monetário é importante na alfabetização, pois permite que as crianças desenvolvam habilidades matemáticas básicas, como a identificação de números e a realização de operações simples de adição e subtração. Além disso, o tema é relevante para a formação de cidadãos conscientes e responsáveis, que saibam lidar com o dinheiro de forma adequada.

Como explicar o sistema monetário de forma simples para alunos do 2º ano?

Para explicar o sistema monetário de forma simples para alunos do segundo ano, é possível utilizar recursos visuais, como cartazes e imagens, que mostrem as diferentes moedas e cédulas em circulação no país. Além disso, é importante utilizar exemplos práticos e situacionais que possam facilitar a compreensão dos alunos sobre o uso do dinheiro.

Quais habilidades da BNCC estão relacionadas ao ensino do sistema monetário?

O ensino do sistema monetário está relacionado a diversas habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como a capacidade de resolver problemas matemáticos, a compreensão de valores e medidas, e a habilidade de lidar com situações financeiras cotidianas. Além disso, o tema está relacionado ao desenvolvimento da cidadania e da responsabilidade social.

Qual o objetivo de ensinar o sistema monetário para alunos do 1º ano?

O objetivo de ensinar o sistema monetário para alunos do primeiro ano é desenvolver habilidades matemáticas básicas, como a identificação de números e a realização de operações simples de adição e subtração. Além disso, o trabalho com o dinheiro permite que as crianças aprendam sobre a importância da economia e da responsabilidade financeira desde cedo.

4.5/5 - (2 votes)
Compartilhe este Post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prezado(a) Educador(a), o Conteúdo Integral deste artigo é Exclusivo para Assinantes.

Seja ASSINANTE e veja o conteúdo integral dos Artigos.
Tenha acesso livre aos -Planos de Aula - e -Atividades-

Torne-se ASSINANTE e tenha Acesso às Ferramentas Inteligentes:
Gerador Automático de Planos de Aula -
-Gerador de Ideias de Atividades-

Ganhe BRINDES de Atividades para Imprimir; desfrute de Vantagens Exclusivas!👇