Pular para o conteúdo
Início » Artigos do Blog » Plano de Aula Contação de História para Educação Infantil – BNCC

Plano de Aula Contação de História para Educação Infantil – BNCC

Anúncio de Terceiros

Ainda Quebra a Cabeça com Planos de Aula?
Use Planos Prontos!

PLANOS PRONTOSAMOSTRAGANHE:
Educação InfantilVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 1VerAtividades para Imprimir + Bônus
Ensino Fundamental 2VerAtividades para Imprimir + Bônus
Novo Ensino MédioVerAtividades para Imprimir + Bônus
Ver Tabela Completa por Disciplina

Plano de Aula Contação de História

A contação de histórias é uma atividade bastante produtiva na educação infantil. Além de ser uma forma divertida de aprendizado, ela também ajuda no desenvolvimento das crianças. Por meio das histórias, as crianças podem aprender valores, desenvolver a imaginação e a criatividade, além de melhorar a capacidade de compreensão e expressão oral.

Para que a contação de histórias seja efetiva, é importante que o professor faça um bom planejamento de aula. É necessário escolher uma história adequada para a faixa etária das crianças, preparar recursos didáticos e tecnológicos, definir os objetivos da atividade e pensar em estratégias para avaliar o aprendizado dos alunos.

Além disso, é importante envolver a família no processo de contação de histórias, para que a atividade possa ser trabalhada também em casa. A avaliação e observação do desenvolvimento das crianças também é fundamental para que o professor possa adaptar a atividade de acordo com as necessidades dos alunos.

Confira ao final deste artigo um exemplo de plano de aula pronto sobre o tema “Contação de História”. Use e adapte livremente aos seus objetivos pedagógicos.

A Importância da Contação de Histórias

A contação de histórias é uma prática pedagógica muito importante na educação infantil. Ela ajuda no desenvolvimento da linguagem oral, da imaginação e da criatividade das crianças. Além disso, a contação de histórias também pode contribuir para o desenvolvimento socioemocional dos alunos.

Durante a contação de histórias, as crianças são estimuladas a prestar atenção, a fazer perguntas, a imaginar e a criar. Isso é muito importante para o desenvolvimento cognitivo das crianças, pois elas aprendem a organizar suas ideias e a expressá-las de forma clara e objetiva.

A contação de histórias também pode ser utilizada como uma ferramenta para ensinar valores e conceitos importantes para a formação das crianças. Por meio das histórias, é possível abordar temas como amizade, respeito, solidariedade, entre outros.

Além disso, a contação de histórias pode ser uma forma de aproximar os alunos da cultura e da literatura. Ao conhecerem diferentes histórias e personagens, as crianças têm a oportunidade de ampliar seus horizontes e de se identificar com outras realidades.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Berçário e MaternalVerBônus Exclusivos!
Educação InfantilVerBônus Exclusivos!
Fundamental 1VerBônus Exclusivos!
Novo Ensino MédioVerBônus Exclusivos!
  Ver Todas as Atividades

Assim, fica evidente que a contação de histórias é uma prática pedagógica muito importante na educação infantil. Ela ajuda no desenvolvimento da linguagem oral, da imaginação e da criatividade das crianças, além de contribuir para o desenvolvimento socioemocional e para a formação de valores.

Preparando a Contação de História

Para que a contação de história seja um sucesso na educação infantil, é importante que o professor prepare a atividade com antecedência. É necessário escolher um livro adequado para a faixa etária das crianças, com histórias interessantes e personagens cativantes.

Além disso, o ambiente deve ser preparado para receber as crianças, com um espaço confortável e acolhedor. O uso de recursos como fantoches e objetos que ilustram a história pode ajudar a prender a atenção dos pequenos.

Antes da contação, o professor deve ler a história em voz alta e praticar a entonação e a fluência da narrativa. É importante também preparar o início e o fim da contação, para que as crianças compreendam que a atividade está começando e terminando.

Durante a contação, o professor deve narrar a história no ritmo e tempo adequados, fazendo pausas para destacar pontos importantes e interagindo com as crianças, fazendo perguntas e incentivando a participação.

Com uma boa preparação, a contação de história pode se tornar uma atividade divertida, educativa e muito atraente para as crianças da educação infantil.

Desenvolvendo a Atividade

Para desenvolver a atividade de contação de histórias na educação infantil, é importante que o professor planeje o momento com cuidado e atenção. É necessário pensar em brincadeiras e jogos que possam ser realizados antes e depois da leitura, para que as crianças se sintam mais participativas e engajadas.

Além disso, é importante escolher livros adequados para a faixa etária das crianças e que possuam uma narrativa envolvente e interessante. Durante a leitura, o professor pode fazer gestos e utilizar expressões faciais para ajudar a transmitir a história e prender a atenção dos alunos.

A música também pode ser uma ferramenta interessante para complementar a atividade. O professor pode escolher músicas que tenham relação com a história lida, ou que possam ajudar a relaxar e acalmar as crianças após a leitura.

Após a leitura, é importante que o professor realize atividades que possam ajudar as crianças a fixarem o conteúdo aprendido. Isso pode ser feito através de jogos, desenhos, dramatizações, entre outras atividades lúdicas.

O Papel da Família

A família tem um papel fundamental na formação de leitores na educação infantil por meio da leitura e contação de histórias. É importante que os pais incentivem e participem ativamente desse processo, pois a leitura em casa é uma prática que pode ser muito benéfica para o desenvolvimento das crianças.

A casa é um ambiente propício para a leitura, e a interação entre pais e filhos durante a contação de histórias pode ser uma oportunidade para fortalecer os laços afetivos e estimular a imaginação e a criatividade das crianças. Além disso, a leitura em família pode ajudar a desenvolver habilidades linguísticas, cognitivas e sociais.

Os pais devem procurar escolher livros adequados à faixa etária das crianças e estimular a participação delas durante a leitura, fazendo perguntas e incentivando a discussão sobre a história. É importante que os pais demonstrem interesse e entusiasmo pela leitura, pois isso pode incentivar as crianças a desenvolverem o hábito de ler.

A interação entre pais e filhos durante a contação de histórias pode ser uma prática muito prazerosa e enriquecedora para todos os envolvidos. Por isso, é fundamental que os pais sejam participativos e incentivem a leitura em casa, contribuindo para a formação de leitores críticos e conscientes desde a infância.

Avaliação e Observação

A avaliação e observação são elementos cruciais no processo de ensino e aprendizagem da contação de histórias na educação infantil. Através da observação, o professor pode identificar o desenvolvimento dos alunos, suas habilidades e dificuldades, além de reconhecer suas formas de participação na aula.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!

ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Educação EspecialVerBônus Exclusivos!
Jogos PedagógicosVerBônus Exclusivos!
Datas ComemorativasVerBônus Exclusivos!
Para AlfabetizaçãoVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

A avaliação, por sua vez, é um processo contínuo que deve ser realizado de forma sistemática e formativa, permitindo ao professor acompanhar o progresso dos alunos ao longo do tempo. Para isso, é importante que o professor estabeleça critérios claros e objetivos para a avaliação, a fim de que ela seja justa e coerente.

A observação, por sua vez, é uma ferramenta fundamental para a avaliação formativa, pois permite ao professor identificar as necessidades e interesses dos alunos, além de reconhecer suas formas de participação na aula. Para isso, é importante que o professor esteja atento a todos os aspectos da aula, desde o comportamento dos alunos até o conteúdo das histórias contadas.

Além disso, é importante que o professor esteja aberto ao diálogo e à escuta dos alunos, permitindo que eles se expressem e participem ativamente da aula. Dessa forma, a avaliação e observação se tornam mais eficazes, pois levam em consideração não apenas o desempenho dos alunos, mas também suas necessidades e expectativas.

Recursos Didáticos e Tecnológicos

Os recursos didáticos e tecnológicos são importantes aliados no processo de ensino-aprendizagem na educação infantil. Eles podem tornar as aulas mais dinâmicas, interativas e interessantes para as crianças.

Entre os recursos didáticos mais comuns, podemos citar livros, jogos, brinquedos, fantoches, música, entre outros. Esses materiais podem ser utilizados para introduzir um novo conteúdo, reforçar um tema já estudado ou simplesmente para entreter as crianças.

Além disso, os recursos tecnológicos também têm um papel importante no processo educacional. Notebooks, computadores e celulares podem ser utilizados para acessar conteúdos educativos na internet, como vídeos, jogos, aplicativos e outros recursos multimídia.

Anúncio de Terceiros

ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
Compre, Imprima e Aplique!
ATIVIDADEAMOSTRAGANHE:
Consciência FonológicaVerBônus Exclusivos!
Inglês e EspanholVerBônus Exclusivos!
Atividades BíblicasVerBônus Exclusivos!
Atividades NatalinasVerBônus Exclusivos!
Ver Todas as Atividades

O YouTube, por exemplo, é uma plataforma que oferece uma vasta quantidade de vídeos educativos para crianças. Os professores podem selecionar os conteúdos mais adequados para a faixa etária de seus alunos e utilizá-los em sala de aula para complementar a aprendizagem.

Os vídeos também podem ser utilizados como recursos didáticos em sequências didáticas, onde são apresentados conceitos de ciências ou outras áreas do conhecimento. É importante lembrar que o uso de recursos tecnológicos deve ser feito de forma consciente e responsável, sempre com o objetivo de enriquecer o processo de ensino e aprendizagem.

Alinhamento com a BNCC

O Plano de Aula de Contação de História na Educação Infantil deve estar alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que é um documento que estabelece os direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento para todas as crianças brasileiras.

A BNCC é composta por dez campos de experiências que devem ser trabalhados na Educação Infantil e que estão relacionados com as diferentes áreas do conhecimento.

Para que o Plano de Aula de Contação de História esteja alinhado com a BNCC, é necessário que o professor esteja atento às metodologias utilizadas e aos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento estabelecidos para cada campo de experiências. Dessa forma, é possível garantir que as atividades propostas estejam em consonância com as necessidades e potencialidades das crianças.

Um dos campos de experiências da BNCC que pode ser trabalhado com a Contação de História é o “Escuta, fala, pensamento e imaginação”. Nesse campo, as crianças são incentivadas a desenvolver habilidades de escuta, fala, pensamento e imaginação, o que pode ser alcançado por meio da contação de histórias. Através das histórias, as crianças são estimuladas a desenvolver a imaginação, a criatividade, a linguagem e o pensamento crítico.

Outro campo de experiências que pode ser trabalhado com a Contação de História é o “Corpo, gestos e movimentos”. Nesse campo, as crianças são incentivadas a desenvolver habilidades motoras, como a coordenação, o equilíbrio e a expressão corporal. Através da contação de histórias, as crianças podem ser estimuladas a reproduzir gestos e movimentos relacionados com a história, o que pode contribuir para o desenvolvimento motor das crianças.

Portanto, é fundamental que o Plano de Aula de Contação de História esteja alinhado com a BNCC, de forma que as atividades propostas estejam em consonância com as necessidades e potencialidades das crianças.

O professor deve estar atento às metodologias utilizadas e aos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento estabelecidos para cada campo de experiências, para que as atividades propostas possam contribuir efetivamente para o desenvolvimento integral das crianças.

Registro e Acompanhamento

Para garantir que as atividades pedagógicas propostas em um plano de aula de contação de história sejam efetivas, é fundamental que sejam realizados registros e acompanhamentos cuidadosos. Esses registros permitem que os educadores avaliem o desenvolvimento dos alunos, identifiquem dificuldades e ajustem a abordagem pedagógica de acordo com as necessidades individuais de cada criança.

Uma das ferramentas mais utilizadas para o registro de atividades escolares é o diário de campo. Trata-se de um documento no qual o educador registra suas observações sobre as atividades realizadas em sala de aula, bem como o comportamento dos alunos e suas interações com os colegas. O diário de campo permite que o educador acompanhe o desenvolvimento dos alunos ao longo do tempo e identifique possíveis dificuldades.

Além do diário de campo, também é possível utilizar outras formas de registro, como o diário remoto. Essa ferramenta permite que o educador registre suas observações em tempo real, utilizando um dispositivo móvel como um smartphone ou tablet. Dessa forma, é possível registrar informações de forma mais precisa e imediata, sem a necessidade de esperar até o final do dia ou da semana para fazer o registro.

A avaliação também é uma parte importante do processo de registro e acompanhamento. Ela permite que o educador avalie o progresso dos alunos em relação aos objetivos pedagógicos estabelecidos no plano de aula. A avaliação pode ser realizada de diversas formas, como por meio de provas, trabalhos em grupo ou individuais, entre outras.

Por fim, a observação é outra ferramenta fundamental para o registro e acompanhamento do progresso dos alunos. Por meio da observação, o educador pode identificar padrões de comportamento e interação entre os alunos, bem como possíveis dificuldades individuais.

A observação pode ser realizada de forma estruturada, com a utilização de checklists e questionários, ou de forma mais livre, com o educador registrando suas observações de forma mais subjetiva.

Exemplo de Plano de Aula Pronto sobre Contação de História

A seguir está um exemplo de plano de aula para a Educação Infantil, seguindo as diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) com o tema “Contação de Histórias”.

Tema: Contação de Histórias

Objetivos:

  1. Desenvolver o gosto pela leitura e pela literatura infantil.
  2. Estimular a imaginação e criatividade das crianças.
  3. Promover o desenvolvimento da linguagem oral e escrita.
  4. Identificar personagens, cenários e enredos em histórias.
  5. Desenvolver habilidades de escuta atenta.

Faixa Etária: Educação Infantil (3 a 5 anos)

Campos de Experiência Trabalhados:

  1. O eu, o outro e o nós: Desenvolvimento da empatia e do respeito pelos colegas ao compartilhar histórias e ideias.
  2. Corpo, Gestos e Movimentos: Utilização de gestos e expressões faciais na interpretação das histórias.
  3. Traços, Sons, Cores e Formas: Identificação de elementos visuais e sonoros nas histórias.
  4. Escuta, Fala, Pensamento e Imaginação: Estímulo à escuta ativa e ao desenvolvimento da imaginação.
  5. Espaços, Tempos, Quantidades, Relações e Transformações: Exploração de diferentes espaços e tempos na contação de histórias.

Recursos Necessários:

  • Livros infantis adequados à faixa etária.
  • Fantoches ou personagens de pelúcia.
  • Quadro branco ou lousa.
  • Giz ou marcadores coloridos.
  • Música suave para ambientação.
  • Espaço confortável para leitura.

Passo a Passo da Aula:

1. Aquecimento (10 minutos):

  • Inicie a aula com uma breve conversa sobre o que são histórias e como elas podem ser divertidas.
  • Toque uma música suave enquanto as crianças se acomodam no espaço de leitura.

2. Apresentação do Tema (10 minutos):

  • Mostre o livro escolhido para a contação de história do dia.
  • Pergunte às crianças se elas já conhecem o livro ou os personagens.
  • Explique que a história será contada e que todos devem prestar atenção.

3. Contação de História (20 minutos):

  • Conte a história de forma animada, utilizando expressões faciais e entonação de voz adequada ao enredo.
  • Mostre as ilustrações e estimule a participação das crianças fazendo perguntas sobre o que veem.
  • Utilize fantoches ou personagens de pelúcia para representar os personagens da história.

4. Roda de Conversa (10 minutos):

  • Após a contação, promova uma roda de conversa para discutir a história.
  • Faça perguntas abertas, como “O que vocês mais gostaram na história?” ou “O que acharam do final?”
  • Estimule as crianças a compartilharem suas opiniões e impressões.

5. Atividade Lúdica (15 minutos):

  • Proponha uma atividade relacionada à história, como um desenho do personagem principal ou uma dramatização de uma cena importante.
  • Incentive a criatividade e a expressão das crianças.

6. Registro (10 minutos):

  • Use o quadro branco ou a lousa para registrar informações importantes da história, como o nome dos personagens, o cenário, etc.
  • Incentive as crianças a participarem do registro.

7. Encerramento (5 minutos):

  • Finalize a aula agradecendo a participação das crianças e reforçando a importância da leitura e da imaginação.
  • Lembre-as do próximo encontro para mais histórias.

Avaliação: A avaliação será contínua, observando o interesse, a participação e o desenvolvimento das crianças ao longo das atividades. Também é importante observar como as crianças interagem entre si e expressam suas ideias durante a roda de conversa e atividades lúdicas.

Observações:

  • Adapte o plano de acordo com o nível de desenvolvimento das crianças e o tempo disponível.
  • Escolha livros adequados à faixa etária e que se relacionem com os interesses das crianças.
  • Mantenha um ambiente acolhedor e seguro para a contação de histórias.

Este plano de aula visa promover o gosto pela leitura, estimular a imaginação e o desenvolvimento da linguagem, além de fortalecer as relações sociais e emocionais das crianças.

Perguntas Frequentes

Quais habilidades são desenvolvidas na contação de histórias para a Educação Infantil?

A contação de histórias é uma atividade que desenvolve diversas habilidades nas crianças, como a imaginação, a criatividade, a linguagem, a memória, a concentração, a expressão oral e a compreensão de conceitos e valores. Além disso, a contação de histórias também pode contribuir para o desenvolvimento emocional e social das crianças, ajudando-as a lidar com medos, ansiedades e emoções.

Como elaborar um plano de aula para contação de histórias no Ensino Fundamental?

Para elaborar um plano de aula de contação de histórias no Ensino Fundamental, é importante definir os objetivos da atividade, escolher uma história adequada à faixa etária dos alunos, preparar o ambiente e os materiais necessários, estabelecer as etapas da atividade e avaliar o desempenho dos alunos. É fundamental que o plano de aula seja elaborado com base nas competências e habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Como utilizar a história de João e Maria em um plano de aula de contação de histórias para a Educação Infantil?

A história de João e Maria é uma história clássica que pode ser utilizada em um plano de aula de contação de histórias para a Educação Infantil. É importante adaptar a história à faixa etária dos alunos, utilizando uma linguagem adequada e recursos visuais para auxiliar na compreensão da história. Além disso, é possível explorar os temas presentes na história, como a importância da família, a coragem e a superação de desafios.

Quais os principais objetivos do uso da literatura infantil em um plano de aula de contação de histórias para o maternal?

O uso da literatura infantil em um plano de aula de contação de histórias para o maternal tem como principais objetivos o desenvolvimento da linguagem, da imaginação, da criatividade e da sensibilidade estética das crianças. Além disso, a literatura infantil também pode contribuir para a formação de valores e para a compreensão de diferentes culturas e realidades.

Qual a importância da contação de histórias na formação dos alunos do 1º ano?

A contação de histórias é uma atividade importante na formação dos alunos do 1º ano, pois contribui para o desenvolvimento da linguagem, da imaginação, da criatividade, da memória e da concentração. Além disso, a contação de histórias também pode auxiliar no desenvolvimento emocional e social das crianças, ajudando-as a lidar com diferentes emoções e a compreender valores e conceitos.

Como adequar a contação de histórias de acordo com a BNCC para alunos do 1º ano?

Para adequar a contação de histórias de acordo com a BNCC para alunos do 1º ano, é importante considerar as competências e habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular. É fundamental que a história escolhida esteja adequada à faixa etária dos alunos e que os objetivos da atividade estejam alinhados com as competências e habilidades previstas na BNCC. Além disso, é importante utilizar recursos visuais e atividades complementares que auxiliem na compreensão da história e no desenvolvimento das habilidades previstas na BNCC.

5/5 - (1 vote)
Compartilhe este Post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prezado(a) Educador(a), o Conteúdo Integral deste artigo é Exclusivo para Assinantes.

Seja ASSINANTE e veja o conteúdo integral dos Artigos.
Tenha acesso livre aos -Planos de Aula - e -Atividades-

Torne-se ASSINANTE e tenha Acesso às Ferramentas Inteligentes:
Gerador Automático de Planos de Aula -
-Gerador de Ideias de Atividades-

Ganhe BRINDES de Atividades para Imprimir; desfrute de Vantagens Exclusivas!👇