Pular para o conteúdo
Início » Artigos do Blog » Educação » Planos de Aula » Educação Infantil » Portugês » Plano de Aula Cordel para Educação Infantil: Como Utilizar

Plano de Aula Cordel para Educação Infantil: Como Utilizar

Aqui discutimos o tema, sugerimos atividades e apresentamos um Plano de Aula Pronto para uso!

Plano de Aula Cordel

O Plano de aula sobre cordel para educação infantil é uma ferramenta de ensino que tem sido cada vez mais utilizada nas salas de aula. A literatura de cordel é uma manifestação cultural brasileira que tem origem no Nordeste do país. Ela é composta por poemas que são escritos em versos rimados e que contam histórias do cotidiano, lendas, fatos históricos, entre outros temas. Essa forma de arte popular é uma excelente ferramenta de ensino, pois permite que os alunos aprendam de forma lúdica e interativa.

O uso do cordel na sala de aula pode ser aplicado em diversas disciplinas, como história, geografia, português, entre outras. O plano de aula sobre cordel tem como objetivo estimular a criatividade dos alunos, desenvolver a oralidade, a leitura e a escrita, além de promover a cultura popular brasileira. Os alunos podem produzir seus próprios cordéis, explorando a rima, a métrica e a criatividade.

O cordel na sala de aula é uma forma de tornar o aprendizado mais dinâmico e divertido, além de contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes. Com um plano de aula sobre cordel, os alunos podem aprender de forma mais significativa e prazerosa, o que certamente contribui para o desenvolvimento da aprendizagem e do interesse pelos estudos.

Pontos Principais

  • O plano de aula sobre cordel para educação infantil é uma ferramenta de ensino que utiliza a literatura de cordel como ferramenta pedagógica.
  • O uso do cordel na sala de aula estimula a criatividade dos alunos, desenvolve a oralidade, a leitura e a escrita, além de promover a cultura popular brasileira.
  • Com o plano de aula cordel educação infantil, os alunos aprendem de forma mais significativa e prazerosa, o que contribui para o desenvolvimento da aprendizagem e do interesse pelos estudos.

O Que é Literatura de Cordel

A literatura de cordel é uma forma de expressão literária popular que surgiu no Nordeste do Brasil no final do século XIX e início do século XX. Ela é caracterizada pela impressão de folhetos em papel de baixa qualidade, geralmente vendidos em feiras e mercados, e pela recitação em público de seus versos rimados e metrificados.

Origens e Influências

A literatura de cordel tem suas raízes na tradição oral dos trovadores medievais portugueses, que declamavam seus poemas em praças e festivais populares. A técnica da rima, dos versos e da métrica foi trazida pelos colonizadores portugueses e adaptada à cultura nordestina. Além disso, a xilogravura, técnica de impressão em relevo em madeira, é uma das características mais marcantes da literatura de cordel, sendo utilizada para ilustrar as capas dos folhetos.

Características Principais

A literatura de cordel é marcada pela presença de rimas, versos, métrica, xilogravura e pela entonação característica de seus recitadores. Os folhetos são escritos em sextilhas, estrofes de seis versos, e abordam temas variados, como lendas, contos, humor, ironia e metáfora. A linguagem é simples e acessível, buscando atingir um público amplo e popular.

Os cordéis são divididos em gêneros, como romance, aventura, religioso, histórico, entre outros. Cada gênero possui suas próprias características, como a temática abordada e a entonação utilizada pelo recitador.

A literatura de cordel é uma importante expressão da cultura nordestina, sendo utilizada como ferramenta pedagógica em escolas e universidades. Ela é valorizada por sua riqueza cultural e pela importância histórica que representa para a cultura popular brasileira.

Cordel na Sala de Aula

O cordel é uma forma de literatura popular que tem suas raízes no Nordeste do Brasil. Com suas rimas, métricas e temas variados, o cordel pode ser uma ferramenta valiosa para o ensino de língua portuguesa e outras disciplinas na educação infantil. Nesta seção, serão discutidos os benefícios do cordel na educação e como utilizá-lo em aulas.

Benefícios do Cordel na Educação

O cordel pode trazer muitos benefícios para a educação infantil. A seguir, serão listados alguns deles:

  • Desenvolvimento da oralidade: O cordel é uma forma de literatura oral, o que pode ajudar no desenvolvimento da oralidade das crianças. Ao ouvir e recitar cordéis, as crianças podem aprimorar sua pronúncia, entonação e ritmo.
  • Estímulo à leitura: O cordel é uma forma de literatura acessível e atraente, o que pode incentivar as crianças a lerem mais. Além disso, os cordéis geralmente abordam temas do cotidiano, o que pode tornar a leitura mais interessante e relevante para as crianças.
  • Desenvolvimento da escrita e da alfabetização: O cordel pode ser uma forma divertida e criativa de estimular a escrita e a alfabetização das crianças. Ao escrever seus próprios cordéis, as crianças podem praticar a escrita, a ortografia e a gramática de uma forma lúdica e prazerosa.
  • Desenvolvimento da linguagem: O cordel pode ajudar no desenvolvimento da linguagem das crianças, tanto na escrita quanto na oralidade. Ao explorar as rimas, métricas e temas dos cordéis, as crianças podem aprimorar sua capacidade de se expressar de forma clara e eficaz.

Como Utilizar o Cordel em Aulas

Existem várias formas de utilizar o cordel em aulas. A seguir, serão apresentadas algumas sugestões:

  • Introdução de temas: O cordel pode ser uma forma interessante de introduzir temas diversos, como meio ambiente, história, cultura e valores. Os professores podem selecionar cordéis que abordem esses temas e utilizá-los como ponto de partida para discussões em sala de aula.
  • Estímulo à criatividade: Os professores podem incentivar a criatividade das crianças ao propor que elas escrevam seus próprios cordéis. Os temas podem ser livres ou relacionados a algum assunto específico que esteja sendo estudado.
  • Interatividade: O cordel pode ser uma forma de promover a interação entre os alunos. Os professores podem propor atividades em grupo, como a criação de cordéis coletivos, em que cada aluno contribui com uma estrofe.
  • Exploração do ritmo: O cordel é uma forma de literatura que valoriza o ritmo e a métrica. Os professores podem utilizar essa característica para explorar o ritmo na leitura em voz alta e na recitação de cordéis.

O cordel pode ser uma ferramenta valiosa para o ensino na educação infantil. Ao explorar a oralidade, a leitura, a escrita, a alfabetização, o desenvolvimento da linguagem e a criatividade, os professores podem utilizar o cordel como uma forma lúdica e interessante de promover o aprendizado e a interação entre os alunos.

Exemplo de Cordel

Aqui está um exemplo de cordel chamado “O Romance de Lampião e Maria Bonita” de autoria de Luís da Câmara Cascudo:

“Lampião, rei do cangaço, No sertão fez sua lei, E com Maria Bonita, O seu grande amor rei. Nas caatingas do Nordeste, A história assim escreveu.

Maria Bonita, moça bela, No cangaço se meteu, Ao lado de Lampião, A coragem conheceu. No sertão de cangaceiros, A luta então começou.

Foram anos de batalhas, No Nordeste a vagar, Lampião e Maria Bonita, Na caatinga a lutar. Com seus punhais afiados, No sertão a dominar.

Mas o destino traiçoeiro, Um dia os alcançou, Lampião e sua amada, Em tiroteio tombou. No Nordeste, a tragédia, Com sangue se pintou.

Lampião e Maria Bonita, No cangaço viveram com fervor, Suas histórias são lembradas, Com respeito e com amor.

No Nordeste, suas lendas, Continuam a brilhar com fulgor. Assim se conta a história, Do casal do cangaço, Lampião e Maria Bonita, Em verso, em prosa, em abraço.

No sertão nordestino, Seu nome vive no compasso. Luís da Câmara Cascudo, Com suas palavras a rimar, Neste cordel nos contou, A história do cangaço a brilhar. Lampião e Maria Bonita, No Nordeste a eternizar.”

Recursos Didáticos

O uso de recursos didáticos é fundamental para o sucesso de um plano de aula sobre cordel para educação infantil. Nessa seção, serão apresentados dois tipos de recursos didáticos que podem ser utilizados pelos professores na sala de aula: livros e folhetos de cordel e materiais online.

Livros e Folhetos de Cordel

Os livros e folhetos de cordel são ferramentas importantes para o ensino da língua portuguesa e outras disciplinas. Eles podem ser utilizados para trabalhar a leitura, escrita, gramática, ortografia, além de temas como história, geografia, matemática, entre outros.

Os livros e folhetos de cordel podem ser adquiridos em lojas físicas ou online. Em alguns casos, é possível encontrar capas e ilustrações que chamam a atenção das crianças e despertam o interesse pela leitura.

Materiais Online

Os materiais online também são uma ótima opção para complementar o ensino do cordel. Existem diversos sites que oferecem materiais gratuitos e de qualidade para os professores, como PDFs, PPTs, e vídeos.

Alguns sites exigem cadastro e login para ter acesso ao material, mas outros disponibilizam o conteúdo de forma gratuita e sem a necessidade de cadastro.

Os materiais online podem ser utilizados para trabalhar a leitura, escrita, gramática, ortografia, além de temas como história, geografia, matemática, entre outros. Eles também podem ser utilizados para promover a interação entre os alunos e estimular o trabalho em grupo.

Plano de Aula Pronto sobre Literatura de Cordel

Plano de Aula: Literatura de Cordel na Educação Infantil

Tema: Literatura de Cordel

Duração: 5 aulas (uma por semana)

Faixa Etária: Educação Infantil (4 a 5 anos)

Objetivos Gerais:

  • Introduzir as crianças ao universo da Literatura de Cordel, promovendo a valorização da cultura brasileira.
  • Desenvolver a oralidade, a expressão corporal e a criatividade das crianças.
  • Estimular o gosto pela leitura e escrita de forma lúdica e prazerosa.
  • Explorar os campos de experiência da BNCC: O eu, o outro e o nós, Corpo, gestos e movimentos, Escuta, fala, pensamento e imaginação.

Recursos Necessários:

  • Cordéis variados
  • Papel e materiais de artes
  • Fantoches
  • Projetor de imagens
  • Instrumentos musicais simples (como um tambor)
  • Figuras ilustrativas de personagens de cordel
  • Lousa e giz colorido
  • Livros de Literatura de Cordel
  • Músicas de Cordel

Aula 1: Introdução à Literatura de Cordel (60 minutos)

Campo de Experiência: O eu, o outro e o nós

  1. Roda de conversa (10 minutos): Inicie a aula perguntando se as crianças já ouviram falar de “cordel” e o que sabem sobre isso. Explique brevemente o que é a Literatura de Cordel e seu valor cultural.
  2. Apresentação de Cordéis (20 minutos): Mostre alguns exemplares de cordéis para as crianças, explorando as ilustrações e os versos. Leia em voz alta um trecho de um cordel.
  3. Atividade Artística (20 minutos): Forneça materiais de artes para que as crianças criem sua própria capa de cordel, usando desenhos e cores.
  4. Roda de conversa final (10 minutos): Peça que as crianças compartilhem suas criações e o que aprenderam sobre cordel.

Aula 2: Personagens de Cordel (60 minutos)

Campo de Experiência: Corpo, gestos e movimentos

  1. Roda de conversa (10 minutos): Relembre a aula anterior e pergunte às crianças se conhecem alguns personagens famosos de cordel.
  2. Apresentação de Figuras (20 minutos): Mostre imagens ilustrativas de personagens de cordel (ex: Lampião, Maria Bonita, João Grilo) e explique quem são.
  3. Atividade de Expressão Corporal (20 minutos): Use fantoches dos personagens de cordel e faça uma pequena encenação, convidando as crianças a imitarem os gestos e movimentos dos personagens.
  4. Atividade Artística (10 minutos): Peça que as crianças desenhem seu personagem de cordel favorito.

Aula 3: Contação de Histórias de Cordel (60 minutos)

Campo de Experiência: Escuta, fala, pensamento e imaginação

  1. Roda de conversa (10 minutos): Pergunte às crianças se já ouviram uma história de cordel e se gostariam de ouvir uma.
  2. Contação de História (30 minutos): Conte uma história de cordel de forma animada, utilizando um projetor para exibir as ilustrações.
  3. Atividade de Expressão Oral (20 minutos): Divida as crianças em grupos pequenos e peça que recontem a história com suas palavras.

Aula 4: Cantando Cordel (60 minutos)

Campo de Experiência: O eu, o outro e o nós

  1. Roda de conversa (10 minutos): Relembre as histórias de cordel contadas anteriormente e pergunte se as crianças gostaram.
  2. Atividade Musical (30 minutos): Apresente músicas de cordel e cante junto com as crianças. Use instrumentos musicais simples para acompanhar.
  3. Atividade de Criação Musical (20 minutos): Incentive as crianças a criar uma música curta de cordel, com ajuda dos instrumentos.

Aula 5: Criando Cordéis (60 minutos)

Campo de Experiência: Escuta, fala, pensamento e imaginação

  1. Roda de conversa (10 minutos): Pergunte às crianças o que mais gostaram de aprender sobre cordel.
  2. Atividade de Escrita (40 minutos): Forneça papel e materiais de escrita e peça que as crianças criem seu próprio cordel, com ilustrações simples.
  3. Apresentação dos Cordéis (10 minutos): No final da aula, permita que cada criança leia ou compartilhe seu cordel com a turma.

Considerações Finais:

  • Durante todas as aulas, promova um ambiente de respeito à diversidade cultural, incentivando o diálogo sobre as diferentes manifestações culturais presentes nos cordéis.
  • Valorize a criatividade das crianças, não focando apenas na correção gramatical, mas sim na expressão e imaginação.
  • Incentive a leitura de cordéis em casa, recomendando livros adequados à faixa etária.

Este plano de aula busca envolver as crianças de forma lúdica e interativa, introduzindo-as à rica tradição da Literatura de Cordel e promovendo o desenvolvimento de habilidades importantes para a Educação Infantil.

Revisão e Avaliação

Após a realização da aula sobre cordel na educação infantil, é importante que o professor faça uma revisão do conteúdo abordado e avalie o desempenho dos alunos. A revisão é uma oportunidade para reforçar os conceitos apresentados e esclarecer dúvidas que possam ter surgido durante a aula.

Durante a revisão, o professor pode utilizar diferentes recursos para tornar a atividade mais dinâmica e interessante, como a leitura de trechos de cordéis, a apresentação de imagens relacionadas ao tema e a realização de atividades em grupo.

Para avaliar o desempenho dos alunos, é importante definir critérios claros e objetivos. O professor pode avaliar a participação dos alunos durante a aula, o entendimento do conteúdo apresentado e a capacidade de produzir um poema em cordel.

Uma forma de avaliar a produção dos alunos é através da utilização de números, como a quantidade de estrofes e versos do poema, a utilização correta das rimas e a criatividade na escolha do tema. Além disso, é importante levar em consideração a imaginação e a originalidade dos alunos na produção do poema.

Em resumo, a revisão e avaliação são etapas fundamentais para garantir a assimilação do conteúdo e o sucesso da atividade. O professor deve estar preparado para adaptar a atividade de acordo com as necessidades dos alunos e utilizar diferentes recursos para tornar a atividade mais interessante e cativante.

Conclusão

Através do uso da literatura de cordel como recurso didático no ensino da educação infantil, é possível proporcionar aos alunos uma aproximação com a cultura popular brasileira, além de desenvolver habilidades de leitura, escrita e interpretação de texto.

Ao trabalhar com cordéis que abordam fatos históricos e lendas do folclore brasileiro, os alunos podem aprender sobre a história e tradições do país de uma forma lúdica e interessante. Além disso, o uso da literatura de cordel pode ajudar a desenvolver a criatividade e a imaginação dos alunos, incentivando-os a criar suas próprias histórias e versos.

No entanto, é importante que o plano de aula seja bem elaborado e que o professor tenha conhecimento sobre a literatura de cordel e sua importância na cultura brasileira. É preciso também que o material utilizado seja adequado para a faixa etária dos alunos e que as atividades propostas sejam desafiadoras e estimulantes.

Assim, o uso da literatura de cordel na educação infantil pode contribuir significativamente para a formação cultural e intelectual dos alunos, além de ajudar a desenvolver habilidades importantes para a vida escolar e pessoal.

Perguntas Frequentes

Como trabalhar com cordel na educação infantil?

O cordel pode ser trabalhado na educação infantil de diversas maneiras, como por exemplo, por meio de leituras em voz alta, dramatizações, criação de cordéis pelos próprios alunos, entre outras atividades. É importante que o professor adapte as atividades de acordo com a idade e o nível de desenvolvimento dos alunos.

Qual objetivo de trabalhar cordel na educação infantil?

O objetivo de trabalhar com cordel na educação infantil é estimular o gosto pela leitura, desenvolver a criatividade e a imaginação dos alunos, além de contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes.

Qual habilidade trabalha cordel?

Trabalhar com cordel na educação infantil pode desenvolver diversas habilidades nos alunos, como a capacidade de interpretação de texto, a criatividade, a imaginação, a oralidade, a escrita, entre outras.

O que é literatura de cordel educação infantil?

A literatura de cordel é uma forma de literatura popular, que se caracteriza pela escrita em versos e pela temática cotidiana. Na educação infantil, o cordel pode ser utilizado como uma ferramenta para estimular a leitura e a escrita dos alunos.

Quais são os benefícios de utilizar cordel na educação infantil?

Os benefícios de utilizar cordel na educação infantil são diversos, como por exemplo, estimular o gosto pela leitura, desenvolver a criatividade e a imaginação dos alunos, contribuir para a formação de cidadãos críticos e conscientes, além de desenvolver habilidades linguísticas, como a interpretação de texto e a escrita.

Como criar um plano de aula com a temática de cordel para educação infantil?

Para criar um plano de aula com a temática de cordel para educação infantil, é importante pensar em atividades que estimulem a leitura e a escrita dos alunos, como por exemplo, leituras em voz alta, dramatizações, criação de cordéis pelos próprios alunos, entre outras atividades. O professor deve adaptar as atividades de acordo com a idade e o nível de desenvolvimento dos alunos.

5/5 - (1 vote)
Compartilhe este Post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prezado(a) Educador(a), o Conteúdo Integral deste artigo é Exclusivo para Assinantes.

Seja ASSINANTE e veja o conteúdo integral dos Artigos.
Tenha acesso livre aos -Planos de Aula - e -Atividades-

Torne-se ASSINANTE e tenha Acesso às Ferramentas Inteligentes:
Gerador Automático de Planos de Aula -
-Gerador de Ideias de Atividades-

Ganhe BRINDES de Atividades para Imprimir; desfrute de Vantagens Exclusivas!👇